Oi, o que você está procurando?

enfrentamento ao coronavírus

Prefeitura de Araçatuba intensifica campanha de prevenção à Covid

Município vai realizar fiscalização de locais públicos, estabelecimentos comerciais e espaços de convivência, dentre outros

Reunião foi realizada nesta tarde com representantes da Prefeitura e do comércio em geral

A Prefeitura de Araçatuba anunciou, na noite desta quinta-feira (26), que realizará, a partir deste fim de semana, uma campanha mais intensa de conscientização contra aglomerações e o contágio do coronavírus para o mês de dezembro.

Nesta tarde, foi realizada reunião com representantes de entidades, associações comerciais e empresariais de comércio e serviços, supermercadistas, atacadistas, shopping centers e camelódromo, na sede secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho (SMDERT) de Araçatuba, para esclarecimentos sobre a nova medida que visa conter o avanço da pandemia na cidade, principalmente devido à previsão de aumento de circulação de pessoas em áreas comerciais e reuniões festivas comuns ao período de fim de ano.

O secretário municipal Marcelo Mazzei (SMDERT/Agoindustrial/Turismo) explica que a atuação será massiva em vários aspectos no que diz respeito à fiscalização de locais públicos, estabelecimentos comerciais, espaços de convivência, dentre outros, e também haverá rigidez nas ações de fiscalização, advertência e aplicação de multas para os que desrespeitarem os protocolos sociais e sanitários.

A ação por parte de administração municipal será em conjunto com as secretarias municipais de Saúde, Segurança e Fazenda, envolvendo agentes e fiscais destes departamentos municipais, que esperam contar também com a colaboração da iniciativa privada, ou seja, que os proprietários e administradores de estabelecimentos e espaços de convivência contribuam com posturas e iniciativas de informação, orientação e controle dos frequentadores dos locais.

Mazzei comunicou que não há planejamento para fechamento nem redução de horários de funcionamento, mas reforçou a seriedade da manutenção de regras de distanciamento, controle de lotação e procedimentos de higiene.

“Apesar das decisões do Governo do Estado de retornar o intervalo das avaliações de 30 para a cada 15 dias, bem como a informação de não mais reduzir os leitos de UTI Covid e de, sendo a mais grave, proibir novamente as cirurgias não emergenciais, não haverá mudanças drásticas nos funcionamentos dos comércios e serviços. No entanto, os cuidados com a manutenção dos procedimentos exigidos pelo Plano São Paulo, de controle de acesso e higiene, deverão ser mantidos e levados ainda mais a sério”.

A ação terá início neste fim de semana e estende-se pelo mês de dezembro. “Não podemos bobear! Estamos na fase amarela de classificação e precisamos, no mínimo, manter e até reduzir os números de casos positivos, internações e vítimas fatais, para que não sejamos condenados a regredir à fase laranja, o que prejudicará a todos sem exceção”, agravou o secretário municipal.

Apelo à população

Entre observações variadas e opiniões pessoais dos participantes, houve considerável manifestação de críticas às medidas de controle até então impostas pelo governo estadual, no tocante ao impacto econômico no setor comercial, mas também foram numerosos os testemunhos dos presentes sobre desrespeito e intolerância por parte da população.

Os comportamentos mais citados foram os de pessoas transitando sem máscaras, tanto em espaços abertos como após entrarem nos estabelecimentos, e as ocorrências de entrada de famílias inteiras, com presença de crianças e idosos. Também foram mencionados vários casos de discussão e até resistência por parte de populares, mesmo após funcionários e proprietários dos estabelecimentos solicitarem o correto uso de máscaras e a permanência de menos membros de grupos e famliares.

Sintonia para dar certo

O empresário Pedro Flávio Proto, que atua há 27 anos e integra associações em Araçatuba, fala da consciência de contrapartida da iniciativa privada para colaboração.

“A reunião de hoje foi uma novidade, pois não me recordo de ver algo deste tipo. Uma iniciativa importante por parte desta secretaria e da prefeitura, reunindo gente que precisava falar e precisava ouvir. É um período duro, em que estamos sendo provados, e acho que algumas coisas precisam ser revistas, como uma cobrança maior em espaços como os bancos, em relação a filas e aglomerações, por exemplo, assim como uma atuação melhor de todos nós comerciantes, como limitar segundo as regras, uma pessoa a cada 20 metros, fazer a nossa parte, tentar ajudar o poder público. Não é só cobrar, pois não depende só do poder público, depende de todos nós fazermos nosso trabalho. Essa abertura que a secretaria nos dá é muito importante”, declarou.

Black Friday

Presentes à reunião, os presidentes de sindicatos Gener Silva (Sincomércio – Sindicato do Comércio Varejista de Araçatuba) e José Carlos dos Santos (SECA – Sindicato dos Empregados do Comércio de Araçatuba), assinaram um termo de aditamento à convenção coletiva de trabalho para adequar o horário de funcionamento do comércio no período denominado Black Friday.

Em acordo ao Plano de Retomada do Governo do Estado de São Paulo, em razão da pandemia do coronavírus, o horário de funcionamento do comércio de Araçatuba, que passa a respeitar o tempo limite de 10 horas, será das 9h às 19h na sexta-feira (27) e das 9h às 18h no sábado (28).

“Nenhuma empresa será obrigada a funcionar o total de 10h, mas todos respeitaremos o limite máximo, sem ultrapassá-lo. Caso haja nova determinação pelo governo estadual, então faremos novo aditamento para o total respeito das leis”, finaliza Santos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
77