Oi, o que você está procurando?

Região

Polícia detém mulher que comercializava produtos alimentícios impróprios para o consumo

Foram localizadas mercadorias com a data de validade expirada e retiradas das embalagens originais, bem como carnes e embutidos sem as devidas identificações

A Polícia Civil prendeu um mulher, de 40 anos, que comercializava diversos produtos alimentícios impróprios para consumo em um estabelecimento na rua Sebastião Ramos dos Santos, no centro de Pirajuí, no interior de São Paulo.

Os agentes foram até o local para cumprir um mandado de busca e apreensão relacionado a uma investigação de tráfico de drogas.

Após vistoria, nenhum entorpecentes foi localizado, contudo foram encontrados diversos produtos alimentícios com a data da validade expirada ou retirados de suas embalagens originais, incluindo carnes e embutidos sem identificação e datas de embalagem e fabricação.

A Vigilância Sanitária do município foi acionada e o comércio fechado. No local, foram apreendidos pudins, tortas, queijos, manteiga, alimentos para cães, paçoca, frascos com álcool em gel e líquido, barra de chocolate, requeijão e amendoim. Também foram recolhidos 6,3 quilos de carne bovina; 3,9 quilos de carne moída; 2,1 quilos de frango; e 4,1 quilos de linguiça.

A responsável pelo comércio foi presa em flagrante e levada à Delegacia Sede da cidade, onde foi indiciada por crime contra as relações de consumo. A autora permaneceu detida à disposição da Justiça.


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!