Oi, o que você está procurando?

REGIÃO

Penápolis registra mais duas mortes pela Covid-19 e óbitos chegam a 44

Vítima são dois homens - de 77 e 78 anos – que estavam internados em hospitais de outros municípios

© REUTERS / Amanda Perobelli/direitos reservados

Mais duas mortes em decorrência da Covid-19, o novo coronavírus, foram registradas em Penápolis nesta quinta-feira (26), conforme boletim da secretaria municipal de Saúde. Os óbitos, segundo a pasta, foram de dois homens, de 77 e 78 anos, que ocorreram no início do mês.

Eles, que residiam na cidade, estavam internados em hospitais de outros municípios. Com isso, a quantidade é de 44 pessoas que não resistiram à doença desde o começo da pandemia. Nas últimas 24 horas, Penápolis registrou mais 21 novos casos positivos da Covid-19, o novo coronavírus, passando de 1.626 para 1.647.

Deste total, quatro pacientes estão internados, 195 em isolamento domiciliar e 1.404 já se recuperaram. Até o momento, 520 aguardam resultado dos exames laboratoriais ou a data para a realização do teste rápido. Outros 687 foram descartados por avaliação clínico-epidemiológica e 4.465 tiveram resultado negativo para o coronavírus. O boletim inclui os dados de todos os pacientes notificados por síndrome gripal pela secretaria.

MICRORREGIÃO

Na microrregião, Avanhandava segue com 278. Do total, 244 estão recuperados, 25 em isolamento domiciliar e houve nove mortes. Braúna está com 116, tendo 110 curados e seis óbitos. Glicério está com 74. Do total, são 64 curados, oito em tratamento e houve duas mortes. Vinte e cinco suspeitos são monitorados pela secretaria municipal de Saúde.
Alto Alegre tem 81 casos positivos. Do total, 76 estão recuperados, um segue em isolamento, outro internado e houve três mortes desde o começo da pandemia. Barbosa prossegue com 127. Um óbito foi registrado, 123 estão curados e um está em quarentena. Quinze aguardam resultados dos exames laboratoriais. Por fim, Luiziânia permanece com 85. Do total, 81 já se recuperaram, dois estão em quarentena e ocorreram dois óbitos.

LEITOS

Os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital de Campanha estão com 10% de ocupação. Dos dez disponíveis, um está com paciente de Glicério. Já os de enfermaria estão em 50%. Das 20 unidades, dez estão ocupadas por sete pessoas da cidade – quatro positivos e três esperando resultados –, além de três de Alto Alegre, Birigui e Gabriel Monteiro. Os três de suporte ventilatório estão disponíveis. No total, o hospital está com 11 pacientes recebendo atendimento médico. (Jornal Interior / Ivan Ambrósio)

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!