Oi, o que você está procurando?

INVESTIGAÇÃO

Operação de combate à exploração sexual de crianças tem dois alvos em Araçatuba

A reportagem do Regional Press apurou que os mandados de busca em Araçatuba foram nos bairros São João e Jardim Universo

Foto: Divulgação

Policiais civis estão cumprindo dois mandados de busca em Araçatuba na operação “Black Dolphin”, que no tal cumpre 220 mandados de busca e apreensão contra suspeitos de pedofilia nos estados de SP, Rio, Minas e RS. a ação é coordenada por policiais do Demacro e do Deinter-5 (São José do Rio Preto).

A reportagem do Regional Press apurou que os mandados de busca em Araçatuba foram nos bairros São João e Jardim Universo. A ação também tem participação de policiais do GOE/Deic (Grupo de Operações Especiais da Divisão Especializada em Investigações Criminais) do Deinter 10.

Em um dos endereços um perito fez uma análise preliminar no computador e notebook de um homem que também é alvo das investigações. Em um primeiro momento não foi encontrado indícios de crime, mas os materiais foram apreendidos para uma perícia detalhada. Em São José do Rio Preto também foram cumpridos dois mandados de busca.

A operação

A “Black Dolphin” começou com uma investigação em 2018, depois que policiais descobriram que um suspeito de pedofilia pretendia vender sua sobrinha para predadores sexuais na Rússia. O plano dele era levá-la à Disney da Europa e entregá-la para os predadores na Rússia, alegando que ela teria desaparecido no parque.

A partir dessa investigação, os policiais começaram um monitoramento mais amplo, inclusive na deep web, e descobriram uma rede de predadores sexuais, principalmente infanto-juvenis, que produzem, vendem e compram vídeos de crianças em situações de vulnerabilidade sexual. A polícia também investiga indícios de sequestro e tráfico de crianças e jovens para fins de exploração sexual.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
34