Oi, o que você está procurando?

denúncia

Mulher é acusada de maus-tratos contra filhos em Guararapes

imagem ilustrativa

Uma desempregada de 25 anos, moradora no bairro Industrial, em Guararapes, está sendo acusada de maus-tratos contra dois de seus quatro filhos. Uma menino de sete anos sofreu lesão na cabeça provocada por uma vassoura e uma menina de oito, um corte próximo ao olho, por faca, que teria sido provocado acidentalmente pela outra filha, de cinco anos.

O caso foi levado à delegacia por conselheiras tutelares da cidade. O conselho, há dois meses, já havia recebido denúncia de que a desempregada estaria agredindo os filhos, sendo duas meninas e dois meninos, com idades entre quatro e oito anos.

Conforme a denúncia, a acusada teria agredido uma das filhas com mordida, e o Conselho recebeu a foto de uma das crianças com marca roxa no corpo. Na ocasião, representantes do Conselho Tutelar foram até a casa da acusada, que recusou atendimento psicológico e negou as agressões, dizendo que as crianças são arteiras e se machucam por si só.

Nesta quarta-feira, por volta das 16h, o Conselho recebeu denúncia de que na casa da acusada as crianças estavam apanhando “até perder o fôlego”. Duas conselheiras foram até o local e encontraram policiais militares, que também tinham sido acionados.

Elas encontraram o menino de sete anos que havia acabado de tomar banho. Ele estava chorando bastante e mostrou um ferimento na cabeça, e apontou para uma vassoura sem cabo, que estava em cima do tanque. Ele disse para as conselheiras que a mãe acertou sua cabeça com a vassoura.

A menina de sete anos, que estava com um ferimento perto do olho, disse que a irmanzinha de cinco anos bateu ponta da faca. As duas crianças foram levadas ao pronto-socorro, onde uma pessoa que não quis se identificar, relatou que a mãe das crianças as agride com frequência, que joga elas na parede e bate contra a cabeça delas, dizendo que a coisa “é feia”, e que as crianças não podem ficar com ela.

O menino que estava com ferimento na cabeça teve de ficar internado em observação. A menina também passou por atendimento devido ao ferimento perto do olho. A mãe alegou que ficou nervosa com o menino e jogou a vassoura na parede para fazer barulho e assustá-lo, e que a vassoura bateu no muro e acabou voltando e batendo na cabeça do menino. Houve ferimento com sangramento.

Com relação a menina, contou a mesma versão da criança, que a outra filha a feriu acidentalmente com a faca. Segundo a mãe, a menina de cinco anos estava com uma faca de serra tentando abrir um chocolate, quando, sem querer, atingiu o rosto da irmã.

Ela disse que não havia levado a criança ao hospital porque após lavar o ferimento, não houve mais sangramento. As crianças ficaram aos cuidados e responsabilidade de uma tia e da avó materna. A mulher foi liberada após prestar depoimento. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!