Oi, o que você está procurando?

medidas protetivas

Mãe denuncia filho após ser ameaçada e perceber que neto tinha queimadura com bituca de cigarro

Um desempregado de 22 anos está sendo acusado de ameaça, lesão corporal e violência doméstica, pela própria mãe, uma empregada doméstica de 42 anos, moradora no Jardim Jussara, em Araçatuba. Na noite deste domingo ele ameaçou matar os pais, sendo que segundo sua mãe, o filho dele, de apenas dois anos, está com queimadura provocada por bituca de cigarro.

A doméstica foi ao plantão policial e relatou que reside em uma pousada na rua José Canovas Andreu, com seu marido, um eletricista de 44 anos. Desde a última quinta-feira o filho e a nora, ambos de 22 anos, vieram de Itanhaém com o filho de dois anos, e passaram a morar com ela.

A mulher disse que seu filho é usuário de maconha, crack e cocaína, e já esteve internado por quatro vezes. Neste domingo o rapaz saiu de casa por volta das 19h30 e retornou às 22h, apresentando comportamento agressivo, nitidamente alterado sob efeito de drogas, e quis pegar o filho.

Percebendo que a integridade física de seu neto poderia estar em perigo, ela não entregou a criança ao seu filho. O rapaz ficou ainda mais nervoso e começou a fazer escândalo, dizendo que a mãe queria roubar a criança. Em seguida saiu dizendo que iria pegar um revólver para matar a mãe e o pai.

Bituca

A mulher também declarou que o seu neto veio de Itanhaém com marcas de queimadura de cigarro no pé direito, e quando interpelou a nora, ela disse que queimou o filho com o cigarro acidentalmente, encostando a bituca na criança sem querer. A mulher alegou que sua nora também é usuária de drogas.

Ela manifestou o desejo de representar criminalmente contra o filho por ameaça e entrou com pedido de medidas protetivas.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!