Oi, o que você está procurando?

MATO GROSSO do Sul

Deputado federal Tio Trutis é preso durante operação da Polícia Federal

Loester Trutis, conhecido como Tio Trutis (PSL-MS), foi preso na manhã deste quinta-feira (12) durante deflagração da Operação ‘Tracker’, da Polícia Federal. O deputado é investigado no caso em que o parlamentar relatou atentado contra ele no último dia 16 de fevereiro, no qual o seu carro teria sido alvejado.

Apesar da investigação, o motivo da prisão do deputado foi por porte ilegal de arma de fogo.

Após a denúncia descrita por Trutis houve uma investigação, mas, até o momento, ninguém foi preso. Outro ponto analisado pela investigação é que dadas as informações do ocorrido, tanto o deputado quanto seu assessor não poderiam terem saídos sem ferimentos da situação.

O Supremo Tribunal Federal (STF) expediu 10 mandados de busca e apreensão, nove no Mato Grosso do Sul e um m Brasília. A investigação segue sob segredo de Justiça.

A escolha do nome da operação faz relação ao trabalho feito pela Polícia Federal para poder esclarecer o ocorrido com o deputado e identificar os autores.

Cela

Tio Trutis vai ficar em cela do Presídio Militar em Campo Grande, no complexo penal da saída para Três Lagoas.

A Polícia Federal solicitou a vaga, autorizada Auditoria Militar, que cuida das execuções penais no estabelecimento. A unidade é dedicada a receber militares condenados ou em cumprimento de prisões preventivas e provisórias.

“Tio Trutis” vai para lá em razão do cargo ocupado, conforme apurado. No local, além dos militares envolvidos em crimes, exite ala específica para advogados. São cerca de 60 vagas no lugar. O deputado ficará em cela separada.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!