Oi, o que você está procurando?

Saúde

Covid-19: 16% dos doentes só manifestam sintomas gastrointestinais

Os sintomas mais comuns referentes ao sistema digestivo e associados à infeção pelo novo coronavírus incluem náuseas, falta de apetite, diarreia, vômitos e dor abdominal

Acácio Pinheiro / Agência Brasil

Uma meta-análise realizada por pesquisadores da Universidade de Alberta, no Canadá, que consistiu na revisão de 36 estudos, acerca dos sintomas da Covid-19, apurou que 16% dos pacientes infectados com o novo coronavíruspodem manifestar apenas sinaisgastrointestinaisda patologia, nomeadamente um em cada seis indivíduos, conforme explica um artigo publicado na revista Galileu.

Os dados apurados foram inicialmente divulgados na revista científica Abdominal Radiology. Segundo a pesquisa, náuseas, falta de apetite, diarreia, vômitos e dor abdominal são os principais elementos associados a esses sintomas gastrointestinais.

“Há uma quantidade crescente de literatura que aponta que a sintomatologia abdominal é um indicador comum deCovid-19”, afirma Mitch Wilson, radiologista e professor clínico da Faculdade de Medicina e Odontologia da Universidade de Alberta.

Os pesquisadores salientam que os radiologistas abdominais têm consequentemente de permanecer em estado de alerta.

A meta-análise sugere ainda o que esses profissionais de saúde devem procurar durante a realização dos exames, nomeadamente a inflamação do intestino delgado e grosso, ar no interior da parede intestinal (pneumatose) e perfuração intestinal (pneumoperitônio). Estes sintomas considerados raros, podem ser um indicador de casos graves e avançados da Covid-19.

“Podem ser de uma variedade de causas potenciais. Mas uma dessas causas potenciais é a infecção do vírus e, num ambiente onde a Covid-19 é bastante prevalecente, é algo a considerar e levantar como uma possibilidade para o médico de referência”, conclui Wilson.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!