Oi, o que você está procurando?

Eleições

Brasileiros pró-Trump: raiva e decepção com andamento das eleições

O resultado definitivo das eleições norte-americanas pode sair nas próximas horas. Os eleitores do país escolhem representantes para o Congresso e o próximo presidente. Até o momento, as estimativas de agências como Associated Press indicam que Joe Biden, o candidato do partido democrata, está mais perto da vitória do que seu adversário, o atual presidente Donald Trump, do partido republicano.

Nas redes sociais e em um pronunciamento na noite de quinta-feira (5), Trump acusou as eleições de fraude e afirmou que sua equipe jurídica vai pedir a recontagem de votos em diversos estados. As palavras do presidente ecoam nos seus fãs brasileiros. Alguns já deram como certa a derrota e outros, repetindo o norte-americano, tentam a todo custo descredibilizar o processo eleitoral, mesmo que não exista até o momento nenhuma evidência de fraude.

Ana Paula Henkel, ex-atleta brasileira de vôlei que mora nos Estados Unidos, fez stories no Instagram falando sobre o estado do pleito. “Eu particularmente acho que a eleição está muito difícil pro Trump. [Existe] uma mudança do partido democrata, que foram pra uma esquerda radical”, lamentou. “Aceitar a decisão da  Justiça claro, mas não ter o direito de reclamar e de suspeitar…”, criticou o jornalista Luís Ernesto Lacombe, durante o programa Opinião No Ar, da Rede TV!, após fala da colega Amanda Klein, que afirmou que as acusações de fraude “não passam de teorias conspiratórias por enquanto”.

Outra personalidade brasileira conhecida pelo apoio a Trump é o empresário José Victor Oliva. “Eu jogo a toalha. Torci muito para o Trump mas não vai dar. Agora parabenizo o novo Presidente dos EUA Joe Biden e espero que consiga unir essa que é a maior democracia do mundo mas tem a eleição mais zoada que existe”, escreveu pelo Instagram.

No Twitter, anônimos e influenciadores bolsonaristas são mais enérgicos com a votação. “O Trump fala o óbvio: que somente os votos válidos tem que ser contabilizados e os esquerdistas pedem a contagem de TODOS OS VOTOS válidos e inválidos. Ou seja, só podem estar de sacanagem!”, escreveu indignada a brasileira Desire Queiroz, que mudou seu nome no Twitter para “Desire for Trump”.

“Brasileiros de esquerda torcem pro Biden, o cara que reunirá o mundo contra o Brasil. Inaceitável!” acusa o perfil chamado de Cipriani Patriota, de Angra dos Reis. “Trump tentou dizer que não permitirá que a esquerda fraude as eleições e foi censurado… O jogo é bruto”, lamentou Luciana Barros, sobre o momento em que emissoras americanas cortaram o discurso de Trump quando ele fez acusações sem provas ao processo eleitoral.

Confira os posts abaixo:

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!