Oi, o que você está procurando?

Eleições 2020

Polícia Federal vai usar drones para fiscalizar crimes eleitorais em Araçatuba

Imagem ilustrativa

A Polícia Federal vai utilizar drone para fiscalizar as eleições municipais em São José do Rio Preto, Jales e Araçatuba (SP). O objetivo é prevenir e reprimir crimes eleitorais como compra de votos e transporte de eleitores.

De acordo com a corporação, os equipamentos são capazes de voar grandes altitudes sem serem percebidos. As câmeras conseguem também identificar suspeitos e placas de veículos.

Todas as imagens e informações serão repassadas para agentes da Polícia Federal, que irão para o local indicado para prender os suspeitos de cometer crimes eleitorais.

Em Rio Preto, a tecnologia será usada nos principais pontos de votação. Dos 111 locais, alguns já foram escolhidos e receberam autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para voo.

“A gente entende que o uso do drone dá uma mobilidade que eventualmente a gente não teria. No dia 15 de novembro, o drone vai funcionar o dia inteiro. Havendo segundo turno, também iremos utilizar a tecnologia.”, afirma o delegado da Polícia Federal de Rio Preto, Gustavo Andrade de Carvalho Gomes.

Em Araçatuba e Jales, a polícia também contará com o auxílio do drone durante as fiscalizações no dia de votação. Assim como em Rio Preto, os agentes receberam treinamento para ajudar no combate a crimes eleitorais.

Ainda segundo a Polícia Federal, a tecnologia será usada para sobrevoar os locais de votação das cidades e outros municípios da região noroeste paulista.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!