Oi, o que você está procurando?

Tragédia em Família

PM de Araçatuba é preso após matar o primo e esfaquear mais duas pessoas no MT

Crime ocorreu neste domingo (4) em Nova Mutum. Acusado e vítima são de Araçatuba, mas moravam no MT

Ricardo Evangelista morreu após ser golpeado com faca (Reprodução/ Rede Social)

Um policial militar de Araçatuba, que estava afastado das funções a pedido pessoal, foi preso após matar o primo a facadas e ferir outras duas pessoas durante uma festa em família, neste domingo (4), na cidade de Nova Mutum (MT).

A vítima fatal, Ricardo Evangelista, o Catita, também era de Araçatuba, mas atualmente morava na cidade matogrossense.

Conforme as primeiras informações, os envolvidos participavam de uma festa quando o acusado teria discutido com a esposa e deixado o local muito nervoso. Familiares chegaram a ir atrás dele mas não o encontraram por perto.

Algum tempo depois, o acusado voltou ao local da festa armado com duas facas e desferiu pelo menos quatro golpes em Evangelista e ainda acertou outras duas pessoas que estavam próximas.

Equipe de resgate chegou a socorrer Catita, mas ele não resistiu. O óbito foi atestado no hospital de Nova Mutum.

Após o crime, o acusado deixou o local, mas voltou em seguida e foi para a casa de parentes onde aguardou a chegada da polícia. Ele foi autuado em flagrante e permanece preso por homicídio qualificado.

O PM trabalhou em Araçatuba até meados de junho desde ano, quando pediu afastamento para morar e trabalhar em Nova Mutum, cidade onde residem familiares de sua esposa, incluindo a vítima fatal. Catita é conhecido em Araçatuba e quando morou na cidade manteve uma loja de pneus na Avenida Prestes Maia.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!