Oi, o que você está procurando?

RIO DE JANEIRO

Homem que arremessou botijão tem passagens por agressão e porte de drogas

O pedreiro Venilson da Silva Souza, indiciado por homicídio doloso por matar uma pessoa ao arremessar um botijão de gás pela janela em Copacabana, no Rio Janeiro, já tem passagem pela polícia por agredir a mulher e por porte de drogas. As informações são da revista Época.

De acordo com a Polícia Civil, em janeiro do ano passado a mulher do padeiro relatou ter sido enforcada por ele. O homem teria parado as agressões após os filhos do casal, de dois e seis anos, começaram a gritar. A mulher contou ainda que saiu da casa e foi novamente agredida pelo homem na rua. A agressão só parou após pessoas que passavam intervirem no caso.

Ainda segundo a vítima, essa não foi a primeira vez que ela sofria agressões e, por isso, pediu medidas protetivas contra o marido.

O outro registro contra Venilson é de novembro de 2019. Conforme a polícia, ele foi abordado por um policial por portar um cigarro de maconha, em Ipanema. Durante a abordagem, o homem disse não ter documento e agrediu o policial, até ser contido e levado para a delegacia.

Relembre o caso do botijão

Policiais do 19º Batalhão de Polícia Militar prenderam, na tarde desta segunda-feira (12/10), um homem que jogou um botijão de gás do apartamento de um prédio na rua Aires Saldanha, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro.

O objeto atingiu uma pessoa que estava caminhando pela calçada no momento. A vítima, que foi atingida na cabeça, chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos.

O suspeito foi encaminhado para a 13ª DP (Copacabana). As ruas Miguel Lemos e Djalma Ulrich foram interditadas e bombeiros atuam no local.

A Polícia Miliar informou que foi chamada para verificar a ocorrência durante a tarde. “No local, uma pessoa foi encontrada caída ao solo e o Samu também foi acionado. Um indivíduo foi detido”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
29