Oi, o que você está procurando?

ESTATAL

Governo finaliza nesta quarta-feira projeto para privatização dos Correios

Empresa teve lucro de R$ 102 milhões no ano passado, R$ 59 milhões a menos que em 2018

O governo federal deve finalizar nesta quarta-feira (14) e enviar ao Congresso Nacional nos próximos dias o projeto de lei que vai facilitar a privatização dos Correios. O texto, que já foi assinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ainda precisa ser chancelado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Segundo o jornal O Globo, a expectativa de Guedes é que o projeto seja aprovado ainda este ano, com o intuito de demonstrar avanço nas privatizações, umas das principais promessas do Executivo. Ano passado, por exemplo, foi proposta a privatização da Eletrobras, que não avançou no Legislativo.

A empresa tem aproximadamente 130 mil funcionários, o maior número de servidores entre as estatais. Os Correios tiveram lucro de R$ 102 milhões no ano passado, R$ 59 milhões a menos que em 2018.

A privatização dos Correios será a primeira a ser proposta pelo governo em 2020. A expectativa da equipe econômica é tentar aprovar o projeto ainda neste ano, como forma de demonstrar avanço na agenda de desestatizações.

Para especialistas, o maior desafio da privatização dos Correios é como definir um modelo de venda que equilibre a atratividade do negócio para empresas privadas com a manutenção da capilaridade de atendimento. É consenso que a malha da estatal, presente em todos os municípios do país, é um fator que derruba a rentabilidade da operação.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!