Oi, o que você está procurando?

SÃO PAULO

Doria sobre André do Rap: “Dá vontade de mandar a conta para o ministro”

Segundo governador, gastos das polícias civil e militar do Estado de São Paulo para recapturar líder de facção chegam a R$ 2 milhões

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta sexta-feira (16/10) que tem vontade de mandar a conta para o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio de Mello dos gastos do Estado para tentar recapturar o traficante André Oliveira Macedo, o André do Rap. Segundo o governador, os custos das polícias estaduais chegam a R$ 2 milhões.

“Essa despesa necessária poderia ser desnecessária se o ministro do supremo tribunal não tivesse cometido o erro, o equívoco de dar habeas corpus a um bandido, a um criminoso, condenado a 25 anos e oito meses de prisão”, afirmou Doria, em coletiva para anunciar o plano de recuperação econômica do estado de São Paulo.

O governador disse que a despesa de R$ 2 milhões está prevista para um período de 120 dias, mas isso não significa que esse será o prazo para a recaptura do líder da facção PCC (Primeiro Comando da Capital), que foi solto por uma decisão de Marco Aurélio.

“Isso não significa que estamos acreditando ou afirmando que André do Rap será capturado em 120 dias, mas a cada 120 dias, nós termos essa despesa, que é a mobilização de equipes e despesas operacionais, custos com equipamentos e diárias dos policiais civis e militares do Estado de São Paulo. Dá vontade de mandar a conta para o ministro”, disse o governador.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!