Oi, o que você está procurando?

Unidades de saúde

Alunos de medicina voltam a acompanhar realidade do SUS, em Araçatuba

A retomada equivale à reposição das perdas do semestre passado

Divulgação

Acadêmicos do Curso de Medicina do UniSALESIANO retomaram as aulas da disciplina IESC (Interação em Saúde na Comunidade) e dizem estar felizes por voltar a ter contato direto com pacientes atendidos nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Araçatuba.

“Estávamos 6 meses sem esse contato e, retornar para essa disciplina, dá ainda mais vontade de estudar”, afirmou o aluno Artênio José Saliba Garbin, do 6º termo. Ele ressaltou que estar próximo dos pacientes e presenciar a realidade do SUS provoca no aluno uma melhor condução da situação.

Também no 6º termo, a acadêmica Luísa Elias Pereira, elogiou os cuidados e a organização da volta pela Coordenação do Curso de Medicina, por conta da pandemia do novo coronavírus. “Recebemos equipamentos de proteção individual com máscara N95, face shield e álcool gel. Pudemos também acompanhar alguns casos que eram temas de doenças que tivemos nos semestres anteriores e situações que já havíamos discutido com nossos professores no decorrer dessa disciplina”, informou a aluna.

A docente da disciplina IESC, Prof.ª Fernanda Patrícia Manoel Lourenço, salientou a importância desse trabalho de abordagem, orientação e educação em sala de espera da população atendida na UBS. “O importante não é só estar dentro do consultório, em consulta clínica, mas conhecer a família, ter o diagnóstico dentro da residência do paciente e de seu entorno”, explicou.

Dentro da programação da IESC, constam atividades dos alunos, em: participação em consultas médicas; protocolo da Covid-19 nas UBSs; fluxo de pacientes, notificação, coleta de exames/testes rápidos; acompanhamento de vacinação no ciclo da vida; vigilância em saúde, entre outras.

O Coordenador do Curso de Medicina do UniSALESIANO, Dr. Antônio Henrique Poletto, disse que a retomada das aulas do IESC neste 2º semestre de 2020 equivale à reposição das perdas do semestre passado, com a utilização de todas as medidas de segurança dos acadêmicos.

“Eles estão muito felizes com a oportunidade de retornar a essa atividade tão importante para a carreira médica, que incentiva o olhar, a humanização, além de aplicar na prática o que aprendem na teoria”, concluiu.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!