Oi, o que você está procurando?

CURIOSIDADE

Por que a abelha morre após uma picada?

Foto: PollyDot / Pixabay

Mesmo que muitas pessoas a considerem como uma inimiga, a abelha não é tão agressiva e tem grande importância para os ecossistemas. Acontece que, para defender o seu território e a sua comunidade, o ato de picar o invasor é algo totalmente instintivo.

Não importa se o oponente seja maior ou mais forte, apesar do tamanho, esses pequenos insetos dão a sua vida em troca da sobrevivência de sua espécie.

Todas as abelhas picam?

Para quem desconhece a morfologia desse inseto, terá impregnada em sua mente, a ideia errônea de que todas as abelhas picam. Entretanto, não é exatamente assim. Quando esse indivíduo é um macho, ele é conhecido como Zangão.

Imagem em alta resolução de um zangão ( Foto: Pixabay)

Eles não possuem ferrão, então, não poderão realizar tal ato. Ao contrário dos machos, as fêmeas podem picar qualquer sujeito que tente destruir a colmeia ou até mesmo, seus companheiros. Dentre a hierarquia, existem as abelhas operárias e a rainha.

As operárias acabam morrendo após a picada, enquanto a rainha, essa pode repetir esse ato sucessivas vezes, e continuar viva. A abelha rainha se limita a lutar somente com os predadores pequenos, quando esses conseguem passar pelas operárias e chegar até a colmeia.

Quando isso acontece, a rainha precisa agir rapidamente e enfrentar esse invasor. Esse mecanismo é algo intrínseco desses insetos, de forma que elas agem não tendo consciência de que estão colocando a sua vida em risco. O foco das operárias é tentar afastar o seu rival o mais rápido possível da colmeia.

A morte de uma abelha após a picada

Enquanto monitoram a colmeia e avistam alguma atividade fora do padrão, as abelhas operárias agem instintivamente. Quando seu alvo é localizado, rapidamente elas tentam o atingir com o seu ferrão. É nesse momento em que esses insetos abdicam de sua vida em prol da sua comunidade.

No instante em que o alvo é atingido, o seu ferrão penetra a pele de forma dolorosa, afim de tentar impedir que o invasor prossiga adiante. Quando o contato com o ferrão é feito, a carne acaba se contraindo sobre ele.

Devido a sua forma curvada, semelhante a um arpão, a operária fica impossibilitada de sair do local onde está. Assim, no momento em que o arpão perfura a pele, a operária acaba ficando sem escapatória, devido ao formato curvo de seu ferrão. Ao se ver nessa situação, só há uma coisa que o inseto poderá fazer: morrer.

A abelha precisa abandonar uma parte de seu abdômen, onde está localizada a glândula de veneno. Enquanto o alvo luta para diminuir as dores, a operária vai morrendo conforme o passar do tempo. Não há uma exatidão sobre o quanto dura todo esse processo, mas estima-se que ele perdura por alguns longos minutos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
94