Oi, o que você está procurando?

Impasse

Peritos do INSS que não voltarem vão levar falta, diz secretário da Previdência

Foto: Agência Brasil

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, afirmou nesta sexta-feira (18) que o governo já determinou a reabertura do agendamento de perícias médicas no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e que os peritos que não retornarem ao trabalho terão descontos nos salários.

“Quem não voltar vai levar falta”, afirmou o secretário em entrevista à GloboNews.

Bianco afirmou ainda que, a partir da semana que vem, todas as agências que voltaram a funcionar estarão com a agenda aberta para marcação das perícias. “As agendas estarão abertas e faremos perícia, em São Paulo e Rio de Janeiro já estão fazendo”, garantiu, sem dar números de agências.

Segundo ele, não haverá prejuízo para quem não conseguir atendimento, pois o serviço remoto continuará sendo oferecido para o recebimento dos laudos médicos. “Não há prejuízo porque o atendimento remoto ainda está funcionando”, garantiu.

Bianco afirmou o que já havia sido dito pelo presidente do INSS, Leonardo Rolim esta semana – o agendamento será feito automaticamente para quem já tinha agendado a perícia para esta semana e não conseguiu ser atendido.

“Estamos trabalhando para que não haja qualquer prejuízo para a população”, disse.

Na quinta-feira, apesar da determinação do governo para retorno imediato da categoria, apenas 5 dos mais de 3 mil peritos em todo o país apareceram para trabalhar, segundo reportagem do Hora 1.

Segundo o governo, 111 das 169 agências que possuem serviço de perícia médica já estão aptas a atender ao público.

As perícias são necessárias para permitir que trabalhadores recebam auxílio por incapacidade, retornem ao trabalho ou consigam a aposentadoria por invalidez.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
41