Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Mulher é presa por crime de injúria racial na UBS Umuarama, em Araçatuba

Uma dona de casa de 53 anos, moradora na zona leste de Araçatuba, foi presa em flagrante no início da tarde desta quinta-feira (17) acusada de injúria racial contra um funcionário público municipal de 63 anos que trabalha como atendente na UBS Umuarama.

A reportagem do Regional Press apurou que a mulher estava aguardando atendimento no local e quando foi chamada, devido à demora, havia um outro paciente sendo atendido. Ela teria ficado irritada e passado a ofender o atendente, que é afro-descendente, chamando-o de macaco e gorila.

Segundo testemunhas, a mulher ainda fazia gestos imitando macaco, em provocação ao homem. Ela foi orientada a parar com as ofensas mas continuou com as provocações, sendo detida por guardas municipais e levada ao plantão policial, onde foi presa em  flagrante.

Na delegacia, a dona de casa negou as acusações, apesar de testemunhas terem presenciado as provocações. Ela foi presa em flagrante e após ser ouvida, o delegado estipulou fiança no valor de R$ 1,2 mil. A mulher pagou e foi liberada para responder ao inquérito em liberdade.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!