Oi, o que você está procurando?

benefício

SP prorroga por um mês isenção das contas de água para baixa renda

Medida vigora desde abril e beneficia cerca de 2,5 mi de consumidores

BIE - Banco de Imagens Externas da Agência Senado. Com risco de escassez de água, parlamentares propõem combate ao desperdício. Os parlamentares ouviram especialistas e avançaram na votação de projetos para promover o uso racional de recursos hídricos. O Projeto de Lei do Senado (PLS) 112/2013, que tem esse objetivo, foi aprovado no primeiro semestre pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e que aguarda deliberação da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), onde será votado em decisão terminativa. Crédito: Pedro França/Agência Senado

O governo do estado de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira (14), a prorrogação por mais um mês da isenção de pagamento da tarifa de água para famílias de baixa renda.

A medida está em vigor desde abril e beneficia, segundo o vice-governador, Rodrigo Garcia, aproximadamente 2,5 milhões de pessoas. A medida também impede o corte do fornecimento por não pagamento das contas.

“Consumidores das camadas mais pobres que de alguma maneira tiveram a sua renda afetada passam a contar com esse benefício por mais 30 dias”, disse o vice-governador ao anunciar a prorrogação do benefício, que, agora, vale até o dia 15 de setembro.

A medida beneficia os clientes da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) inclusos nas tarifas residencial social e residencial favela. A ação tem como objetivo minimizar os impactos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) no estado.

Para os consumidores em geral, a Sabesb ampliou o prazo para o pagamento das contas, com a possibilidade de negociação das contas não pagas em até dez parcelas iguais.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!