Oi, o que você está procurando?

rubiácea

Policiais apreendem armas, munições e mais de 11 quilos de carne de animais silvestres

Imagem Ilustrativa

Um auxiliar de serviços gerais de 24 anos foi detido em flagrante acusado de posse ilegal de arma de fogo e também pelo crime de abater animal da fauna silvestre, em uma ação de policiais ambientais na tarde desta quinta-feira em uma fazenda na zona rural de Rubiácea, região de Araçatuba. Foi preciso a solicitação de mandados de busca domiciliar para a apreensão dos materiais.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais ambientais receberam informação anônima de que em uma propriedade rural havia armas de fogo e carne de caça. Uma equipe foi até o local, no município de Rubiácea, na rodovia vicinal bairro Caramuru, onde há várias residências de funcionários.

Em contato com um funcionário, foi negado o acesso dos policiais ao imóvel. Uma equipe ficou no local e outra foi até a residência do auxiliar de serviços gerais, o qual também não autorizou a busca em sua residência. Eles haviam sido orientados pelo gerente da propriedade. Os policiais ficaram cercando o local enquanto aguardavam decisão judicial para cumprimento de mandado de busca no local, que foi autorizado após cinco horas.

Em uma residência os policiais encontraram quatro cartuchos intactos de espingarda calibre 12 e aproximadamente 7,865 quilos de carne de animal silvestre, sendo 2,040 quilos de jacaré e 5,825 quilos de capivara.

Já na casa do indiciado os policiais encontraram, em cima de um guarda-roupas, duas espingardas calibre 32, sendo uma da marca Rossi, e outra sem marca aparente, ambas desmuniciadas. Sobre uma cama, em um outro quarto, havia seis cartuchos calibre 32, um cartucho calibre 16, dois cartuchos calibre 38, uma munição de calibre .40 e uma munição de calibre 380, todas intactas, além de cartuchos deflagrados de diversos calibres e material para recarga de cartuchos.

No freezer foram encontrados 4,155 quilos de carne de jacaré. O acusado confessou ter abatido um jacaré e que uma das armas é de um parente, mas, não informou quem, e a outra arma (marca Rossi) estava em sua posse para avaliação de uma eventual compra, mas, não disse a quem pertence.

Ele foi autuado e conduzido ao Plantão Policial. As armas, munições e carne foram apreendidas. Foi expedida requisição à Unesp para identificar o peso e de qual animal se tratava a carne apreendida. O acusado pagou fiança no valor de R$ 1,5 mil e vai responder ao inquérito em liberdade.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
36