Oi, o que você está procurando?

aposentadoria

PMs que formaram milhares de jovens no Proerd em Araçatuba encerram a carreira

Capitão Rovina com os cabos Sandro e Regina, no último dia dos policiais antes da aposentadoria

Esta semana foi marcada, em Araçatuba, pelo encerramento da carreira dos policiais militares cabo Sandro e cabo Regina, responsáveis pela formação de milhares de jovens por meio do Proerd (Programa de Resistência às Drogas e Violência) mantido pela Polícia Militar junto às escolas públicas e particulares, tendo como público alvo crianças do ensino fundamental.

O cabo PM Sandro iniciou sua carreira em 1991, tendo como espelho seu pai, também policial militar. Serviu em Araçatuba como soldado até 1997, com sua promoção a graduação de Cabo, quando foi transferido para o Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) em São Paulo.

Em 1999, retornou a Araçatuba, onde serviu no policiamento preventivo até 2008, quando passou a se envolver com o trabalho para os jovens, tornando-se orientador do Programa Jovens Construindo a Cidadania JCC. Em 2009, tornou-se instrutor do Proerd e três anos depois passou a ser o mentor do programa, participando diretamente da formação de novos policiais professores. Foi reconhecido como Profissional de Segurança Destaque em Araçatuba em 2019, indicado pela Câmara Municipal.

Já a cabo Regina tem uma história com o Proerd ainda mais antiga, tendo ingressado nas fileiras da Corporação com o auxílio de um tio que auxiliou na inscrição para o concurso. Formou-se em 1996 classificando-se em Araçatuba, e em 1999, há 21 anos, tornou-se instrutora do programa, atuando diretamente na formação de pelo menos 115mil crianças.

Em 2001 ela passou a palestrar também em escolas e estabelecimentos comerciais, e em 2012 tornou-se mentora do Proerd, atuando na capacitação de policiais Militares.

A cabo PM Regina recebeu, nesta segunda-feira (10), a maior honraria concedida pela Corporação, a Láurea de Mérito Pessoal em seu 1º Grau, a qual já havia sido concedida, mas não houve a possibilidade de ser entregue.

A dupla de policiais finalizou o ciclo passando a fazer parte do panteão de veteranos, e receberam de forma simples a honra e a mais imponente continência no último dia de atuação junto à corporação.

São profissionais que atuaram indiretamente no combate à criminalidade ajudando na formação de milhares de jovens com orientações para se evitar o caminho errado, muitas vezes influenciado por pessoas próximas, e formando jovens que além de levar o conhecimento para si, recebem uma formação para multiplicar tudo o que aprendem no Proerd junto aos familiares, amigos, vizinhos e demais pessoas do convívio social.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
ANUNCIANTE
25