Oi, o que você está procurando?

Região

Homens são presos pela PM com trator furtado em Oriente

Dupla, que reside em Marília, não pagou fiança para responder ao processo em liberdade

Ivan Ambrósio/ Jornal Interior

Um autônomo de 33 anos e um encanador, de 38, ambos moradores de Marília, foram presos em flagrante na tarde desta quarta-feira (19), por receptação. Com eles, os policiais militares recuperaram um trator que havia sido furtado em Oriente (a 108 km de Penápolis) e estava escondido em um canavial próximo de Alto Alegre.

A dupla não pagou fiança para responder ao processo em liberdade e o carro que estavam, um Fiat Uno branco, com placas de Piraju (SP), foi apreendido junto com uma chave mixa, pedaços de fios e dois celulares.

De acordo com o boletim de ocorrência, uma equipe da Polícia Militar recebeu denúncia, por meio de um grupo no whatsapp, de que o trator, pertencente a uma empresa, estaria abandonado em um canavial próximo de uma fazenda.

Abordagem

Com base nas informações, os PMs foram até o local. Chegando lá, os militares viram um dos acusados no interior do veículo, enquanto o outro estava junto à porta. O Uno usado pela dupla estava parado próximo.

Os homens, ao notarem a presença dos policiais, tentaram correr, mas foram contidos e abordados. Em revista, em um dos bolsos da calça que o encanador vestia, foi encontrada uma chave mixa; já com o autônomo nada de ilícito foi achado.

Questionados sobre o furto, ambos negaram o crime, dizendo apenas que estavam de passagem pelo local, o que não convenceu à equipe. Durante busca no interior do Uno, os policiais localizaram um pé de cabra e um cabo de aço.

Já na cabine do trator os militares viram que o miolo onde se coloca a chave estava danificado e a fiação do painel solta. Um representante da empresa, com sede em Garça, esteve no local e reconheceu o trator como um dos que foram levados de Oriente, município onde estão prestando serviço de plantação de eucaliptos.

A dupla recebeu voz de prisão e foi levada ao plantão policial de Penápolis para prestar esclarecimentos. O delegado plantonista arbitrou fiança para que respondessem ao processo em liberdade. Como a quantia não foi paga, os acusados foram encaminhados para a cadeia local.

O Uno e os objetos encontrados foram apreendidos e o trator entregue ao representante da empresa.

Por Ivan Ambrósio/Jornal Interior

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
37