Oi, o que você está procurando?

FESTA CLANDESTINA

Fiscais flagram festa com mais de 150 pessoas em Araçatuba durante pandemia

Em meio à pandemia do coronavírus, moradores de Araçatuba continuam fazendo festas clandestinas, se expondo à contaminação e colocando muitas outras pessoas em perigo. Questionada pela reportagem da Folha da Região, por e-mail, a administração municipal afirmou que no final de semana, em uma das aglomerações flagradas, fiscais de postura da Prefeitura encontraram nada menos que 150 pessoas, com direito a animação de DJs e sem qualquer proteção.

Em outros dois locais vistoriados pela fiscalização, as festas reuniam até por volta de 80 pessoas. Segundo a Prefeitura, os responsáveis pelos eventos, que contrariam decreto municipal e o Plano São Paulo contra a covid-19, devem ser multados em R$ 710.

As concentrações ocorreram nos bairros Jussara, Esplanada e Aviação. Segundo a Prefeitura, os fiscais de postura trabalham em esquema de plantão para verificar se a população está seguindo as regras da quarentena.

Com baixo índice de isolamento social, segundo monitoramento feito pelo Estado via operadoras de celular, Araçatuba corre o risco de retornar para a fase vermelha do plano ao final desta semana, quando o Estado fará nova classificação.

Especialistas em saúde afirmam que cada pessoa infectada pode transmitir o vírus para outras três. Em festas clandestinas, onde a maioria é jovem e não manifestam sintomas, a contaminação pode correr com mais facilidade. O problema é que, depois, entram em contato com outras pessoas, inclusive da própria família. E é aí que mora o perigo de se contaminar portadores de comorbidades, que depois vão enfrentar a superlotação dos hospitais, com alta taxa de ocupação de UTIs e enfermarias.

OPERAÇÃO COVID

O Disk Denúncia da Guarda Municipal de Araçatuba recebeu até o dia 28 de julho, 750 denúncias pelos telefones 153 e (18) 3636-1240. Fiscais de Posturas e da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Araçatuba já haviam multado, até ali, seis estabelecimentos que estavam funcionando irregularmente durante a quarentena em função da covid-19. Foram multados quatro bares com consumo no local, uma academia e uma loja de calçados.

O valor da multa é de R$ 710,00. Também já haviam sido realizadas 315 notificações na chamada “Operação Covid: Afastar para Salvar”, que teve início no dia 10 de julho.

As multas foram aplicadas após a notificação dos proprietários, que mantiveram o atendimento mesmo com a proibição do funcionamento dos serviços considerados não essenciais, na época em que Araçatuba ainda estava na fase vermelha do Plano São Paulo, de alerta máximo para a pandemia.

Outros onze estabelecimentos foram notificados a fechar, como salões de beleza e lojas de sapato e vestuário. Se persistirem na abertura, poderão ser multados.

A Vigilância Sanitária foi responsável por 398 visitas e 70 notificações e quatro autuações. Já os fiscais de postura fizeram 358 visitas, 245 notificações e duas autuações.

A Operação Covid-19 foi lançada no dia 10 de julho, com o objetivo de impedir aglomerações, monitorar o cumprimento de normas sanitárias e evitar a propagação da Covid-19, tendo em vista os altos índices de casos da doença em Araçatuba.

As ações são desenvolvidas pela Guarda Civil Municipal (GCM), Vigilância Sanitária e pelos setores de Fiscalização Tributária e de Posturas da prefeitura, com o apoio da Polícia Militar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!