Oi, o que você está procurando?

Birigui

Familiares de suspeito são acusados de tumultuar abordagem

Um açougueiro de 43 anos e seus dois filhos, um autônomo de 23 e um açougueiro de 20, estão sendo acusados de desacato, lesão corporal e resistência, e um deles ainda é acusado de posse de entorpecente. Durante uma abordagem ao autônomo, na noite desta quinta-feira (13) no Jardim Stábile, em Birigui, o trio desacatou e tentou partir para cima dos policiais, depois que os PMs encontraram droga na Saveiro conduzida pelo autônomo.

De acordo com o boletim de ocorrência, os PMs estavam em patrulhamento de rotina pelo local dos fatos, onde há denúncias de populares sobre comércio de entorpecentes no local, quando viram uma Saveiro parada no meio da avenida Geracina de Menezes Sanches, atrapalhando o fluxo do local e despertando suspeita.

Ao realizar o retorno da viatura, o condutor da Saveiro, que era o autônomo de 23 anos, saiu em alta velocidade com destino a rodovia Deputado Roberto Rollemberg, levantando uma suspeita por parte dos policiais militares, que resolveram se deslocar a fim de realizar a abordagem do veículo.

A Saveiro foi abordada e, no porta luvas, os policiais encontraram uma porção de maconha. O autônomo disse que a droga era para o seu uso pessoal. Durante a realização da abordagem, um irmão e o pai do rapaz chegaram no local de moto e passaram a tumultuar o trabalho dos policiais, passando a xingá-los

Foi solicitado reforço e em seguida uma mulher chegou em um Toyota Corolla, parou no meio da rua e passou a questionar os policiais sobre a abordagem. Foi solicitado para que ela retirasse o carro do meio da rua, a mulher não atendeu ao pedido dos policiais e foi autuada administrativamente.

Quando o reforço chegou no local, os PMs informaram que todos seriam conduzidos à delegacia, momento em que os dois açougueiros partiram para cima dos policiais, que tiveram de usar de força física para conter e algemar a dupla. O autônomo tentou fugir a pé e também foi contido pelos policiais. Pai e filhos foram conduzidos à delegacia e liberados após serem ouvidos. Eles passaram por exame de corpo de delito no IML. Os três podem ser indiciados por lesão corporal, resistência e desacato.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!