Oi, o que você está procurando?

Confusão por causa de máscara em supermercado acaba na polícia, em Araçatuba

Um contador de 34 anos procurou a polícia na noite deste sábado para denunciar um caso de agressão contra dois seguranças de um supermercado localizado na avenida Mário Covas, próximo ao centro de Araçatuba. O motivo, segundo ele, seria pelo fato de estar com a máscara no queixo, o que teria feito porque é hipertenso e sentia falta de ar.

Devido à pandemia do Covid-19, o acesso aos supermercados está sendo permitido de forma restrita, com uso obrigatório de máscara e após o cliente passar álcool nas mãos e ter a temperatura corporal aferida na entrada do estabelecimento por um funcionário. O contador disse que estava no interior do mercado e havia colocado a máscara no queixo porque, segundo ele, é hipertenso e estava sentindo falta de ar. O ato contraria as regras para se ter acesso ao interior do estabelecimento.

Esse fato teria provocado uma discussão entre o contador e dois seguranças, que em tom áspero, teriam ordenado que colocasse a máscara de forma adequada. De acordo com o boletim de ocorrência, após a discussão houve agressão física e o contador apresentava hematomas na perna, além de relatar dores no rosto, em razão de chutes e socos que teria sofrido indistintamente dos seguranças.

Ele disse que “tomou um mata leão” e ficou caído no estacionamento do mercado, relatando que ficou bastante constrangido em razão das agressões sofridas. Ele disse que o circuito de monitoramento por câmera possa ter capturado todas as agressões que sofreu. O contador manifestou interesse em representar criminalmente contra os agressores e disse que está se sentido ameaçado porque um dos seguranças anda armado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!