Oi, o que você está procurando?

Região de Araçatuba

Produtores rurais aprendem a produzir tomate orgânico

Programa está sendo realizado em Coroados, por meio de parceria entre o SIRAN e o SENAR-SP, e conta com a participação de agricultores de municípios da região

Em busca de um diferencial na produção de alimentos, que os permita se firmar no campo, 15 produtores rurais de Bilac, Birigui, Clementina e Coroados estão participando do programa Tomate Orgânico, promovido pelo SIRAN (Sindicato Rural da Alta Noroeste), em parceria com o Senar-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).

As aulas, que estão sendo realizadas no sítio Bela Vista, em Coroados, começaram em março e vão até agosto (um módulo por mês), sendo ministradas em dois dias a cada mês, durante oito horas por dia.

Entre teoria e prática, são abordadas técnicas de preparo do solo, plantio, tratos culturais, pragas e doenças, colheita, e comercialização e certificação.

De acordo com o instrutor Marcelo Sambiase, o objetivo é capacitar produtores, trabalhadores rurais e seus filhos para a produção orgânica, levando em conta que se trata de um movimento global, que cresce a cada dia.

“O mundo inteiro está produzindo e consumindo alimentos orgânicos, pois as vantagens são inúmeras, quando comparado aos métodos convencionais do mercado. Portanto, acaba sendo uma alternativa muito interessante para o homem do campo”, afirma o Sambiase.

Estudo recente do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) identificou crescimento médio de 11% nas vendas de produtos orgânicos no mundo, entre 2000 e 2017, período em que o número de produtores subiu de 253 mil para 2,9 milhões.

No Brasil, apesar de os dados ainda serem imprecisos, estimativas apontam crescimento médio de 17% entre 2010 e 2018, para cerca de 17 mil produtores orgânicos.

Encantados

Nos 35 hectares do sítio Bela Vista, Nivaldo e Adriana Suguimoto produzem diversas culturas, sendo as principais mamão, banana, mandioca. Sempre em busca de soluções que viabilizem a permanência no campo, faz tempo que eles participam de diversos cursos de capacitação oferecidos pelo SIRAN e pelo Senar-SP.

“Anos atrás, a gente começou a ver informações sobre a produção de orgânicos e soubemos que o tomate é carro-chefe desse modo de produção. Então, procurarmos o Belluzzo (Carlos Belluzzo, coordenador das ações do SIRAN e Senar-SP) e pedimos o programa para Coroados. E, para a nossa felicidade, deu certo”, conta Adriana.

Na reta final da ação, o casal não esconde o entusiasmo com os primeiros resultados. Os Suguimoto plantaram 500 pés de tomate e já começaram a colheita.

“Estamos muito satisfeitos. Nos sentimos acolhidos pelo instrutor e pelas entidades”, diz Adriana. As vendas são feitas diretamente aos compradores e a entrega, por delivery, em Araçatuba, Bilac, Birigui, Clementina, Coroados e Piacatu. Os interessados devem entrar em contato pelo número (18) 99124-6767.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
32