Oi, o que você está procurando?

denúncia

PM faz averiguação de denúncia de maus tratos e abuso sexual em terreiro de candomblé, em Araçatuba

Uma menina de 12 anos teve os cabelos raspados durante uma sessão de cura espiritual em um terreiro de candomblé na zona leste de Araçatuba. Policiais militares estiveram no local após denúncia de maus tratos e possível abuso sexual, o que não ficou confirmado no momento em que eles foram verificar a ocorrência, registrada como lesão corporal.

A PM recebeu a denúncia pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) e enviou uma equipe ao local. Os policiais que atenderam a ocorrência encontraram no local a menina de 12 anos, que afirmou estar em tratamento espiritual. A responsável pelo terreiro também alegou que a menina estava em tratamento e teria de ficar em confinamento, mas não teria sofrido nenhum topo de mau trato.

Posteriormente, a mãe da criança esteve no local e informou aos policiais militares que tinha total conhecimento do tratamento espiritual e que sua filha não sofria maus tratos. De acordo com os policiais militares, a adolescente, aparentemente, apresentava tranquilidade e não apresentava nenhum de hematoma, ou lesão aparente, porém estava com os cabelos raspados.

A menina disse que teve os cabelos raspados no local. Ela trajava roupas brancas, que remetem à religião. A perícia foi acionada no local dos fatos, para que se fizesse levantamento do local onde ocorrem as sessões espirituais. O delegado plantonista deliberou para que a vítima passasse por perícia no IML, para constatação do cabelo que havia sido raspado, o que entendeu como uma forma de lesão corporal.

A mãe da menina informou que sabia do tratamento e não quer fazer nenhum tipo de representação contra os possíveis autores dos fatos.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
35