Oi, o que você está procurando?

INVESTIGAÇÃO

Pai e filho ameaçam frentista porque ela exigiu uso de máscara em loja de conveniência

O acusado já foi identificado e poderá ser indiciado pelos crimes de injúria e ameaça

Uma frentista de 49 anos foi ameaçada e injuriada pelo fato de ter exigido que um cliente usasse máscara de proteção para entrar na loja de conveniência do estabelecimento, na rua Aguapeí, Vila Carvalho, em Araçatuba. O caso aconteceu na tarde de domingo e foi registrado nesta segunda-feira (27) na Polícia Civil.

A mulher relatou à polícia que na tarde de domingo um homem tentou entrar na loja de conveniência sem estar usando máscara. Ela solicitou que o acusado colocasse a máscara, mas, sem motivo, o homem ficou muito alterado e começou a xingar a vítima.

Ele ainda a ameaçou de morte dizendo, “eu vou te pegar, eu vou voltar aqui e vou te matar”. O acusado deixou o local e logo depois apareceu um outro homem, que disse ser pai do rapaz, e disse para a vítima, “isso não ficar assim, você xingou meu filho”.

Mais tarde o acusado voltou ao local e disse para a vítima apontando o dedo, “eu vou te pegar, eu te marquei, eu vou te matar”. A frentista foi cientificada do prazo para representação e queixa crime, desejando que o autor seja identificado e processado pelo crime. A Polícia Civil já tem os dados da moto e do acusado, que poderá ser indiciado pelos crimes de injúria e ameaça.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
40