Oi, o que você está procurando?

CASO DE POLÍCIA

Mulher de 81 anos com Covid é retirada da Santa Casa de Araçatuba pela filha e morre quatro dias depois

A paciente foi velada em uma capela funerária da cidade, contrariando o que preconiza as autoridades de saúde, de não realizar velório de pacientes com Covid-19

Paciente deu entrada no hospital no dia 27 e foi retirada na terça-feira (30) por uma das filhas, que não concordava que a mãe ficasse sozinha no isolamento para pacientes com Covi-19

Uma auxiliar administrativa da Santa Casa de Araçatuba procurou a polícia nesta segunda-feira (6) para comunicar que a filha de uma paciente de 81 anos, diagnosticada com Covid-19, retirou a mãe do hospital sem alta médica. A mulher acabou falecendo no sábado (4) e foi velada na capela de uma funerária da cidade, ao contrário do que preconizam as autoridades de saúde, que não recomendam a realização de velório de vítimas da infecção pelo novo coronavírus, por se tratar de doença infectocontagiosa.

Segundo o boletim de ocorrência, a paciente, moradora no bairro Jussara, ficou internada entre os dias 27 e 30 de junho. A mulher deu entrada no hospital com “infecção do trato urinário de localização não específica”. Durante o tratamento, foi coletado material para diagnóstico da infecção pelo novo coronavírus, que deu resultado positivo.

A funcionária do hospital disse à polícia que uma filha da paciente não concordava em deixar a mãe sozinha no isolamento para paciente com suspeita para Covid-19 e procurou a direção técnica da Santa Casa, na terça-feira (30), solicitando a alta a pedido alegando que iria levar a mãe embora.

A filha foi orientada quanto aos riscos de levar a mãe para casa e assinou um termo de responsabilidade, assumindo todos os riscos. O boletim de ocorrência foi registrado como Evasão/Fuga de Paciente de Estabelecimento Hospitalar Consumada.

Anunciante

Familiares que foram ao velório contaram à reportagem do Regional Press que não sabiam que a mulher havia sido testada positivo para Covid-19 e estão com receio de estarem infectados. A mulher foi sepultada nesse domingo (5), no Cemitério da Saudade.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!



Anunciante