Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Motorista de aplicativo e autônomo são presos pela PM por tráfico no Verde Parque

Um motorista de aplicativo de 40 anos, morador em Birigui, e um autônomo de 26, de Araçatuba, foram presos em flagrante no final da manhã desta terça-feira no bairro Verde Parque, Zona Norte Araçatuba, acusados de tráfico de drogas. O motorista estava levando um passageiro para pegar a droga no momento em que foi flagrado por policiais militares da equipe Alpha.

De acordo com o boletim de ocorrência, policiais militares faziam patrulhamento pelo bairro Verde Parque e no cruzamento com as ruas Natalino Pereira da Silva com rua Amadeu Vuolo, viram um individuo entregando algo para o condutor de um veiculo Cobalt, posteriormente identificado como motorista de aplicativo.

Os policiais resolveram fazer a abordagem e durante revista pessoal, com o autônomo, foram encontradas duas porções de maconha e R$ 110 em dinheiro. Com o motorista de aplicativo havia 11 pinos com cocaína. Ele disse que trabalha como motorista e havia sido chamado por um cliente para fazer a corrida.

Segundo ele, o cliente desceu do carro e foi até uma padaria. O autônomo se aproximou do carro e entregou os 11 pinos contendo cocaína, sendo que um era brinde, segundo ele. O cliente voltou para o carro no momento em que os policiais faziam a abordagem.  Ele informou que era viciado em droga e que sempre ia naquele bairro comprar kits de 10 pinos de cocaína.

O autônomo confirmou que havia entregue a droga ao motorista e disse que na casa dele tinha dinheiro. Os PMs foram até o local e fizeram contato com a avó do acusado, que autorizou a entrada dos policiais. No quarto do autônomo encontraram mais R$ 1,1 mil em dinheiro, dentro de um par de tênis.

A avó não sabia dizer a procedência do dinheiro e afirmou que o neto não trabalhava. O motorista não soube informar o porquê da droga ter sido entregue a ele e não para o cliente, que estava na padaria. O motorista e o autônomo foram presos em flagrante acusados de tráfico e associação ao tráfico. O cliente foi ouvido e liberado.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
33