Oi, o que você está procurando?

em 2012

Acusado de matar mulher esganada havia sido denunciado por estupro contra sobrinho

O borracheiro de 46 anos, preso nesta segunda-feira (27) acusado de matar esganada a dona de casa Adriana Silva Martins, de 43 anos, no bairro rural Engenheiro Taveira, em Araçatuba, havia sido denunciado no dia 14 de junho de 2012 pelo crime de estupro de vulnerável, contra um sobrinho, de 13 anos.

De acordo com ocorrência registrada na época, no dia 11 de junho de 2012 o menino, na época com  de 13 anos, foi à casa do acusado, que é seu tio, para pegar um carregador de celular. Ambos moram no bairro Engenheiro Taveira. No local, o acusado levou o menino para o quarto obrigando-o a praticar sexo oral.

O menino relatou à PM que nunca havia praticado sexo oral com ninguém e tampouco com o seu tio. Ele disse que o homem o pegou por trás, no quarto, e mandou ele praticar o ato. O irmão mais velho foi procurar seu irmão na casa do tio. As portas da casa estavam abertas e a do quarto fechada.

Ao abrir a porta, viu seu tio deitado em uma cama com as calças abaixadas. Assim que o tio o avistou suspendeu imediatamente a calça. O garoto viu seu irmão sentado na cama. O menino contou ao irmão que o tio lhe forçou a praticar sexo oral , mas que não era para contar para a mãe.

Quando a mãe do menino tomou conhecimento do caso, acionou a PM e denunciou o caso.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!