Oi, o que você está procurando?

Hospital Regional

Vídeo. Homem insulta médica em frente a hospital do DF: “Louca, doente”

Ceilândia é a região do DF com mais casos e mortes por coronavírus. Mulher falou para o homem entrar e ver a situação dentro do HRC

Um homem bateu boca com uma médica emergencista na porta do Hospital Regional de Ceilândia (HRC). O vídeo que mostra o momento da discussão, que tem até dedo na cara, circula nas redes sociais.

Nas imagens, gravadas esta semana, o homem critica a mudança no fluxo do pronto-socorro para acolher pacientes com coronavírus. “Agora, é só Covid, só Covid. É lamentável a nossa situação. Os moradores de Ceilândia merecem respeito. E queremos nosso pronto-socorro de volta, para amanhã, para ontem”, disse.

A mulher, então, aparece com equipamento de proteção individual (EPI). A médica que atua no pronto-socorro do HRC chama o homem de “irresponsável” e uma discussão se inicia. “Entra lá para você ver a situação da Covid. Entra lá para você ver, seu irresponsável”, afirmou. Com a negativa do homem, ela esbravejou: “Fora daqui”. “Tira o dedo da minha cara”, respondeu o reclamante.

O homem volta a atenção para a câmera e diz: “Isso aqui, ó, é puxa-saco do secretário de Saúde. Só tá morrendo gente de Covid? Não”. “Hospital de Samambaia não tem pronto-socorro. Por que não levaram para lá? Por que tiraram nosso pronto-socorro do Hospital de Ceilândia?”, questionou.

Por fim, irritado, ele bradou contra a médica: “Vai cuidar da sua vida, louca, doente. Vai se internar. Arruma um psiquiatra para essa mulher aí. Arruma aí. Sua petista. Sai daqui, pão com mortadela. É petista. Prefiro ser Bolsonaro do que uma petista”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!