Oi, o que você está procurando?

pandemia

Sistema prisional de SP tem mais de 180 servidores infectados pela covid-19

Na Penitenciária de Andradina, foram registrados dois casos de covid-19 e um óbito de um policial penal

O total de servidores penitenciários contagiados pelo coronavírus (COVID-19) chegou a 185 nesta sexta-feira (5) de acordo com o levantamento de dados realizado desde março pelo Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (SIFUSPESP), a partir de informações fornecidas pela própria categoria e apuradas pela direção do sindicato.

Destes, 14 perderam a vida devido à COVID-19, sendo a morte mais recente a do policial penal Antônio Dantas, do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Pacaembu, que faleceu neste 5 de junho, aos 60 anos, após período de internação em um hospital de Osvaldo Cruz, no interior paulista. O policial penal deixa esposa e três filhos.

No levantamento de dados do SIFUSPESP, a região oeste é a mais afetada pelo coronavírus, com 75 servidores infectados, seguida da capital e Região Metropolitana, com 51, e em terceiro a região central do Estado paulista, com 36 confirmações.

Há ainda outros 86 servidores penitenciários com suspeita de contágio. Entre a população carcerária, segundo mapeamento do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), são 104 detentos confirmados, 12 mortes e mais 100 com suspeita.

“O coronavírus segue se alastrando pelo sistema prisional, e tanto a Secretaria de Administração Penitenciária quanto o governador João Doria continuam fazendo vistas grossas, de olhos fechados para a gravidade da situação e sem fornecer os testes rápidos em massa para os trabalhadores e para os detentos. É uma bomba relógio com milhares de vidas em risco”, afirma Fábio César Ferreira, o Jabá, presidente do SIFUSPESP.

O sindicato continua travando uma batalha na Justiça, com ação no Ministério Público do Trabalho reivindicando os testes rápidos em massa, como orienta a Organização Mundial de Saúde (OMS) para a pandemia no ambiente carcerário.

Além da falta de equipamentos de proteção individual (EPIs), que em algumas unidades ou está faltando ou existe, mas em quantidade insuficiente, há casos de recusa do direito de afastamento dos servidores do grupo de risco, como a categoria tem denunciado ao sindicato.

 

UNIDADE PRISIONAL APURAÇÃO DO SIFUSPESP
Servidores penitenciários
Confirmados Óbitos
Capital e Região Metropolitana
Base de Escolta do Carandiru  – 3 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Chácara Belém I  – 3 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Chácara Belém II  – 2 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Diadema  – 2 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Franco da Rocha (masculino) – 2 casos e  1 óbito
Centro de Detenção Provisória (CDP) Franco da Rocha (feminino) – 2 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) I de Guarulhos 1  – 1 caso
Centro de Detenção Provisória (CDP) Mauá – 4 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Osasco II  – 1 caso
Centro de Detenção Provisória (CDP) Pinheiros I  – 1 caso
Centro de Detenção Provisória (CDP) Pinheiros II – 3 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Pinheiros III – 4 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) Pinheiros IV – 1 caso
Centro de Detenção Provisória (CDP) Santo André – 4 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Bernardo do Campo – 3 casos
Centro de Detenção Provisória (CDP) de Suzano – 1 caso e 1 óbito
Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de São Miguel Paulista (feminino) – 2 casos
Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário – 1 caso
Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico (HCTP1) de Franco da Rocha – 3 casos
Penitenciária 1 de Guarulhos (Parada Neto) – 3 casos
Penitenciária de Parelheiros – 1 caso
Penitenciária Feminina da Capital – 1 caso
Penitenciária Feminina de Santana – 3 casos 1 óbito
Total: 51 casos e 4 óbitos

Vale do Paraíba e Litoral
Centro de Detenção Provisória (CDP) Praia Grande – 5 casos
Penitenciária Feminina I Tremembé – 1 caso
Penitenciária I de Guareí – 1 caso
Penitenciária I de Potim – 2 casos e 1 óbito
Penitenciária II de Potim – 5 casos
Total: 14 casos e 1 óbito

Região Central
Centro de Detenção Provisória (CDP) Americana – 1 caso
Centro de Detenção Provisória (CDP) Jundiaí – 8 casos
Centro de Progressão Provisória (CPP) Prof. Ataliba Nogueira – Campinas – 3 casos
Penitenciária I de Guareí  – 6 casos
Penitenciária II de Guareí – 1 caso
Penitenciária I de Itapetininga – 6 casos
Penitenciária I de Sorocaba – 9 casos e 1 óbito
Penitenciária II de Sorocaba – 2 casos
Total: 36 casos e 1 óbito

Região Noroeste
Centro de Ressociação (CR) de Araraquara – 1 caso
Centro de Ressociação (CR) Jaú – 1 caso
Penitenciária I de Avaré – 1 caso e 1 óbito
Penitenciária II de Avaré – 4 casos
Penitenciária I de Reginópolis – 1 caso
Penitenciária I de Serro Azul – 1 caso e 1 óbito
Total: 9 casos e 2 óbitos

Região Oeste
Centro de Detenção Provisória (CDP) de Riolândia – 1 caso
Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Pacaembu – 15 casos e 1 óbito
Penitenciária de Andradina – 2 casos e 1 óbito
Penitenciária de Dracena – 2 casos e 1 óbito
Penitenciária de Florínea – 3 casos 1 óbito
Penitenciária de Irapuru – 5 casos
Penitenciária de Junqueirópolis – 7 casos
Penitenciária II de Lavínia – 1 caso
Penitenciária de Lucélia – 1 caso
Penitenciária I de Mirandópolis – 1 caso
Penitenciária de Presidente Prudente (regime fechado) – 10 casos e 1 óbito
Penitenciária I de Presidente Venceslau – 1 caso
Penitenciária de Tupi Paulista (feminino) – 2 casos
Penitenciária de Tupi Paulista (masculino) – 14 casos
Penitenciária I de Martinópolis – 1 caso
Penitenciária de Pracinha – 9 casos e 2 óbitos
Total: 75 casos e 7 óbitos

Total de casos: 185

Total de óbitos: 15

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!