Oi, o que você está procurando?

Saúde

Quarentena está incentivando alimentação mais saudável, diz estudo

Em pelo menos metade dos países pesquisados, houve redução de consumo de alimentos muito salgados ou muito doces

Foto: iStock

As pessoas estão se alimentando melhor por causa da quarentena, de acordo com um estudo realizado com 11 mil pessoas em 11 países, incluindo o Brasil.

Segundo reportagem da Revista Menu, além dos brasileiros, pessoas na Austrália, Bélgica, Chile, Uganda, Holanda, França, Áustria, Grécia, Canadá e Irlanda estão comendo mais frutas e vegetais e menos alimentos industrializados, diz o resultado preliminar de uma pesquisa coordenada pela Universidade da Antuérpia (Bélgica).

“Em meio às quarentenas, as pessoas estão adotando hábitos mais saudáveis, cozinhando a própria comida e comendo mais frutas e vegetais”, disse Charlotte De Backer, que faz parte do Fooms, grupo de estudo sobre alimentação e mídia, à agência de notícias Reuters.

Em pelo menos metade dos países pesquisados, houve redução de consumo de alimentos muito salgados ou muito doces.

Segundo De Backer, alguns desses hábitos devem permanecer após o fim da pandemia de coronavírus. Entre os motivos, diz a pesquisadora, estão a maior confiança em cozinhar e também em testar novas receitas, algo que muitas pessoas afirmavam ter dificuldade.

Anunciante

O levantamento foi realizado entre os dias 17 de abril e 7 de maio, sendo que 6.700 dos entrevistados são moradores da Bélgica. No total, foram consultadas pessoas em 25 países, mas os dados ainda precisam ser apurados. O resultado completo deve ser divulgado no fim de junho pelos pesquisadores.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H






Anunciante
Anunciante