Oi, o que você está procurando?

REDE SOCIAL

Paulo Bilynskyj diz que luta é dupla: pela saúde e “contra as fake news”

ARQUIVO PESSOAL

O delegado Paulo Bilynskyj, 33 anos, alvejado a tiros no último dia 20 de maio supostamente pela namorada, a modelo Priscila Delgado Barros, desabafou em um rede social nesta segunda-feira (08/06) sobre uma preocupação além da recuperação de sua própria saúde. “Luto também contra fake news”, escreveu ele, que concedeu entrevista ao programa Fantástico no último domingo (07/06). “Durante o tempo que passei em coma inúmeras mentiras foram ditas. Que Deus nos dê forças para sempre lutar pela verdade!”, completou ele.

Outra postagem em perfil no Instagram ligado a Bilynskyj detalha mais a preocupação. “Mesmo atravessando um momento muito delicado do ponto de vista médico e psicológico, o Paulo decidiu falar com a imprensa com um único objetivo: minimizar a atuação perversa de alguns programas que utilizaram fake news para ter ibope, inclusive sobre um suposto laudo que sequer existe ainda”, diz postagem, mostrando que as suspeitas que caem sobre o delegado, de que ele poderia ter forjado o crime e matado a companheira, o incomodam muito.

Bilynskyj recebeu alta do hospital na última terça-feira (02/06), 13 dias após ser internado. “Alguns projéteis não foram retirados por indicação médica”, informou a família do delegado, ao anunciar a alta.

Segundo a família do delegado, ainda há “possíveis novas cirurgias” pela frente. Policiais civis dizem que os tiros atingiram dedo, perna e abdômen do delegado. A modelo Priscila, por outro lado, foi atingida por um disparo na altura do peito e morreu.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!