Oi, o que você está procurando?

traumatismo crânio-encefálico

Morre morador de rua espancado após sacar auxílio emergencial em Araçatuba

Dudu, como era conhecido, estava internado desde o dia 19 de abril

O barman Carlos Eduardo Niza, o Dudu, de 36 anos, morreu na tarde desta quinta-feira (25) na  Santa Casa de Araçatuba, com traumatismo crânio-encefálico. Ele foi brutalmente espancado no dia 19 de abril, depois de sacar o auxílio emergencial no valor de R$ 600.

No dia do espancamento, o irmão da vítima relatou à polícia que foi chamado pela assistente social da Santa Casa, para fazer o reconhecimento do paciente. Ele deu entrada no hospital vítima de lesões corporais.

O irmão contou que o barman estava em situação de rua e é usuários de entorpecentes e álcool. Ele ainda disse que no dia dos fatos a vítima havia sacado R$ 600 de auxílio emergencial, mas não sabe se o valor foi gasto pela própria vítima ou roubado.

O irmão da vítima, em busca de informações, chegou a conversar com outros moradores de rua e ficou sabendo que o barman havia saído com um outro homem para comprar bebida alcoólica e drogas, e teria sido espancado por este outro indivíduo, que não foi identificado.

A reportagem do Regional Press apurou também que antes deste fato ele havia sido agredido por pessoas que ficam vendendo drogas nas proximidades da Santa Casa, e só não foi espancado devido a ação de terceiros, que o livraram das agressões. O corpo de Dudu foi encaminhado ao IML para depois ser liberado para velório e enterro. A Polícia Civil está investigando o caso. Que tiver alguma informação que possa levar a autoria do crime pode entrar em contato com as polícias civil ou militar, pelos telefones 190 ou 197. Não é preciso se identificar.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!