Oi, o que você está procurando?

Covid-19 Prefeitura Araçatuba

Pandemia

Médica de Araçatuba faz relato emocionante sobre combate ao coronavírus

A profissional relatou que a UTI do Hospital Unimed Araçatuba está lotada e que as máquinas de hemodiálise estão trabalhando praticamente 24 horas por dia para atender todos os pacientes

A médica Priscila Kusano Yamamoto fez um relato emocionante sobre o combate ao novo coronavírus no hospital em que trabalha, em Araçatuba. Ela lamentou a morte do prefeito de Santo Antônio do Aracanguá, Rodrigo Aparecido Santana Rodrigues, de 35 anos, que faleceu nessa sexta-feira (26), vítima da doença, e pediu, em tom de desabafo, que as pessoas se cuidem para evitar a disseminação da covid-19.

A publicação foi feita em sua página pessoal do Facebook e ganhou os grupos de whatsapp. “Um sentimento de tristeza e impotência. Perdemos um paciente tão jovem, 35 anos, prefeito de Santo Antônio do Aracanguá, vítima desse vírus que muitos menosprezam”, escreveu.

A médica relata, ainda, que a UTI do Hospital Unimed Araçatuba está lotada e que as máquinas de hemodiálise estão funcionando praticamente 24 horas para atender todos os pacientes. “Não é uma doença banal. Como cada organismo vai reagir ao vírus, é incerto. Entendo que estamos todos cansados sim, mas quanto mais imprudentes e inconsequentes formos, mais demorará para esse pesadelo passar, para nossa economia retomar de verdade”, afirmou.

Confira o texto da médica na íntegra:

Anunciante

“Um sentimento de tristeza e impotência. Perdemos um paciente tão jovem, 35 anos, prefeito de Santo Antônio do Aracanguá, vítima desse vírus que muitos menosprezam. Ainda que ele teve o privilégio de receber os melhores recursos, uma assistência de uma equipe multiprofissional preparada a quem eu confiaria minha vida, mas infelizmente não resistiu. Momento que a equipe chora por dentro, reflete, tenta criar forças para cada um continuar a dar o melhor de si. Mas fica o apelo, não para disseminar o medo, mas para pararmos para refletir o rumo que estamos tomando, o que cada um está fazendo por você e pelos outros. Não adianta fugir da realidade. Voltamos para fase vermelha, necessária. Temos que nos cuidar (com todos os cuidados e restrições que todos já sabem). A nossa UTI está lotada, nossas máquinas de hemodiálise funcionando praticamente 24h para atender todos pacientes, não é uma doença banal. Como cada organismo vai reagir ao vírus, é incerto. Entendo que estamos todos cansados sim, mas quanto mais imprudentes e inconsequentes formos, mais demorará para esse pesadelo passar, para nossa economia retomar de verdade. Mais empatia ao próximo, à equipe de saúde sobrecarregada, ao momento. Só um desabafo de alguém preocupada com os meus, com os seus🙏❤🙏”

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H






Anunciante
Anunciante
Anunciante