Oi, o que você está procurando?

EDUCAÇÃO

Mais de 80 crianças de Araçatuba trocam escola particular pela municipal

Desde o início da crise econômica provocada pela covid-19 (coronavírus), a rede municipal de Araçatuba já recebeu a matrícula de 85 novos alunos. São crianças que estavam nas escolas particulares que tiveram que optar pelo ensino oferecido pela Prefeitura de Araçatuba.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Silvana de Sousa e Souza, para atender a esta demanda fora de período, a administração está incluindo os novos estudantes nas turmas que ainda tinham vagas.

Atualmente, a rede municipal de Araçatuba tem 16.500 alunos, que são atendidos em 67 escolas entre as de Educação Infantil e Fundamental. Duas novas unidades ainda estão em construção.

A transferência de estudantes para a rede municipal em Araçatuba corresponde a um fenômeno também nas escolas estaduais. Nessa quinta-feira (04), a Secretaria do Estado de Educação divulgou que o número de alunos transferidos da rede particular para a estadual cresceu mais de dez vezes em abril e maio deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior.

Segundo o governo do Estado, foram 2.388 transferências em 2020, contra 219 em 2019. Não foram divulgados números por municípios.

INVESTIMENTOS

Para atender à demanda, que segundo a secretária Silvana é cada vez maior, a Prefeitura de Araçatuba tem feito uma série de investimentos, como melhoria das escolas já existentes com instalação de ar-condicionado nas salas, e construção de duas novas unidades.

Hoje, 51 escolas municipais já terem ar-condicionado em todas as salas, o que beneficia cerca de 12 mil estudantes. A secretária de Educação, Silvana Sousa e Souza também enfatizou que 25 escolas foram reformadas e outras cinco estão em processo de melhorias estruturais, totalizando R$ 17 milhões em investimentos.

Além disso, a secretária ainda lembrou que duas novas escolas serão construídas, nos bairros Atlântico e Águas Claras. “Entregamos ainda novos ônibus para o transporte escolar e abrimos 630 novas vagas em creche”, disse Silvana.

As escolas municipais de Araçatuba passaram a adotar, ainda, material escolar do Sesi (Serviço Social da Indústria), considerado um dos melhores do país.“Estamos entregando ainda o material escolar e os uniformes no primeiro dia de aula. A partir do ano que vem, ainda teremos aula de inglês para todas as crianças”, destacou.

FALTAS

A Prefeitura de Araçatuba adotou, em 2017, um programa de incentivo financeiro para estimular que os servidores municipais da Secretaria de Educação faltassem menos ao serviço. Nestes dois anos de vigência do projeto, a quantidade de ausência caiu 41% e o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) subiu de 6,4 para 6,7.

O índice varia de zero a 10 e leva em consideração dados como fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações.

Em 2017, com 1.387 funcionários no setor, foram registradas 33.956 faltas. Em 2019, o número de profissionais na pasta subiu para 1.552 e mesmo assim as ausências caíram para 22.325. Quando o programa foi implantado, apenas 468 servidores não tiveram sequer uma ausência. Neste ano, o número subiu para 959.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!