Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Mãe surpreende filha de 17 anos em motel com homem de 30

Garota disse que mentiu a idade e que o conheceu em uma festa

Imagem Ilustrativa

A Polícia Civil vai investigar um possível crime em Penápolis na madrugada desta segunda-feira (22), onde uma adolescente, de 17 anos, foi surpreendida em um motel da cidade com um homem de 30. A mãe da jovem a encontrou após ela sair com dois homens de carro e sem dizer para onde iria.
Em depoimento, a garota contou que mentiu a idade.

Uma equipe da Polícia Militar foi ao motel, que fica na estrada rural Cleto Gali, para atender uma ocorrência de desinteligência. Chegando ao local, os PMs encontraram a mãe da adolescente, a jovem, uma funcionária, o homem e um professor de 35 anos.

A mulher disse aos militares que ficou assustada após a filha sair da residência sem avisá-la para onde iria. Como estava acompanhada por dois rapazes, decidiu procurá-la, encontrando-a no motel. A garota contou que conheceu os homens em uma festa, onde ingeriu bebida alcoólica por contra própria.

Ela ainda relatou que deixou o local e foi para casa, acompanhada de familiares, mas pouco tempo depois, a dupla foi até a residência buscá-la. Por vontade própria, ela entrou no carro deles e foi ao motel, onde teria relações sexuais com o homem e que informou que tinha 19 anos. A adolescente citou que o professor apenas esperaria no carro.

ENCONTRO
O suspeito contou que conheceu a garota na festa e que, após ela ir embora, fez contato por telefone, onde combinaram de se encontrar. Por estar sem carro, o homem pediu ao professor que o levasse até a casa da adolescente e, em seguida, foram ao motel, onde entraram no quarto.

Neste momento, uma funcionária os procurou, perguntando a idade da jovem. Conforme o homem, foi nesta hora que ela confessou que era menor. O professor ficou aguardando na garagem e confirmou a versão. Todos foram levados ao plantão policial para prestar esclarecimentos.

Após o registro do boletim de ocorrência não criminal, foram liberados. Eles não prestaram depoimento em respeito ao artigo 18 da nova Lei de Abuso de Autoridade, que proíbe o interrogatório policial durante o período de repouso noturno, salvo se capturado em flagrante delito ou se ele, devidamente assistido, consentir em prestar declaração. (Por: Ivan Ambrósio)


Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!