Oi, o que você está procurando?

FLAGRANTE

Homem embriagado é preso após provocar acidente e danificar viatura da PM durante abordagem, em Araçatuba

Um desempregado de 20 anos, morador no conjunto habitacional Seiscentas Casas, foi preso na noite deste domingo após provocar um acidente de trânsito, onde um dos carros envolvidos foi parar dentro de um córrego, entre os bairros São Rafael e Vilella, na zona norte de Araçatuba. O acusado também danificou uma viatura da Polícia Militar que foi até o local atender a ocorrência.

Policiais Militares foram chamados para o local do acidente, na rua Antônio dos Santos Ribeiro, onde havia ocorrido um acidente de trânsito com um dos motoristas embriagado e um dos veículos dentro de um córrego.

No local os policiais constataram que o desempregado conduzia o veículo Gol, branco, ano 96 e colidiu com um Passat, cinza, ano 1984, conduzido por um pintor de 62 anos, morador no bairro Primavera.

Devido à colisão, o veículo do pintor foi parar dentro do córrego, mas ele não se feriu. O acusado apresentava sinais visíveis de embriaguez, tais como odor etílico, olhos avermelhados, fala pastosa e agressividade. Ele foi convidad o a realizar o teste do etilômetro (bafômetro), mas se recusou.

O outro motorista estava sóbrio, com seus documentos em ordem e foi qualificado e liberado pelo local. Já o acusado estava muito alterado e nervoso, sendo que acabou danificando o próprio veículo com socos, quebrando o para-brisa e o vidro traseiro. Foi necessário algemá-lo e colocá-lo no guarda-preso da viatura.

Ele desferiu vários chutes no forro interno do guarda-preso, e mesmo sendo alertado de que iria danificar a viatura, continuou e disse: “que se f***”. Em dado momento, o indiciado conseguiu danificar o forro do guarda-preso. A equipe de polícia técnica foi acionada para a realização de exame pericial.

Diante do fato, foi dado voz de prisão e apresentado no plantão policial, de onde foi conduzido por policiais civis ao IML, onde concordou em fornecer amostra de sangue para exame laboratorial, a fim de verificar eventual embriaguez. A mãe do acusado foi comunicada da prisão.

O Automóvel Gol que era utilizado pelo indiciado foi apreendido administrativamente. O delegado plantonista arbitrou fiança no valor de R$2 mil, a qual deixou de ser apresentada. O desempregado ficou detido à disposição da Justiça.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!