Oi, o que você está procurando?

FRAUDE

Dados de Neymar foram usados para solicitar auxílio emergencial

Jogador nega que tenha solicitado os R$ 600. Valor chegou a ser liberado e agora está 'em avaliação'.

Com o CPF e demais dados do Neymar, uma pessoa requisitou ao governo federal o auxílio emergencial no nome do atacante do PSG. A ajuda foi aprovada e liberada para crédito, mas o status atual é de está “em avaliação” por “indícios de desconformidades”. A informação foi publicada inicialmente pelo portal “Uol” e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Procurada, a assessoria do jogador limitou-se a negar que ele tenha pedido o auxílio. A ajuda de R$ 600 foi aprovada pelo governo e é destinada a trabalhadores informais, desempregados, contribuintes individuais do INSS e MEIs (Micro Empreendedor Individual) impactados com a crise financeira imposta pela pandemia do novo coronavírus.

O programa, no entanto, tem registrado diversos problemas desde que foi liberado. A Controladoria-Geral da União (CGU) apura pelo menos 160 mil fraudes.

No último dia 21, o apresentador do Jornal Nacional, William Bonner, denunciou que os dados de um dos seus filhos também foram usados para pedir o auxílio.

Anunciante

Em nota, o Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do programa emergencial de apoio à população, diz que tem trabalhado em conjunto com outros órgãos para combater as fraudes.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H






Anunciante
Anunciante
Anunciante