Oi, o que você está procurando?

ECONOMIA

Consumidor buscando economia, cresce a procura por kitnets em SP

Uma das melhores maneiras de reduzir custos é encontrar um apartamento barato para morar, seja para aluguel quanto com o objetivo de compra-lo para renová-lo ou ir fazendo um upgrade à medida que tiver verba para isso. E atualmente, está cada vez mais crescendo a procura por kitnets em todo o país.

Por essa razão, antes de comprar uma kitnet em São Paulo, uma boa coisa a se fazer é estimar o quanto de dinheiro você precisará gastar em reformas, com mudanças ou no dia a dia. Se você for capaz de fazer isso sozinho, ótimo. Caso contrário, procure ajuda de amigos e cotações de profissionais que possam ajuda-lo a ter uma estimativa de valores.

É claro que sugerimos aqui dicas mais econômicas, mas para sua segurança, procure evitar um lugar que possa ser arriscado, perigoso ou causar outras complicações. Para ter certeza, peça a um inspetor profissional que verifique o apartamento para garantir sua segurança, especialmente se ele for antigo demais.

Quer saber mais sobre isso? Acompanhe abaixo algumas dicas para encontrar um imóvel mais acessível financeiramente para você, seja ele um flat, uma kitnet ou uma casa à venda em SP. Confira!

1 – Por onde começar?

 Escrever uma lista de requisitos para a sua propriedade de aluguel é uma boa maneira de garantir um local adequado às suas necessidades. Quer saber onde estão os melhores lugares para morar na capital paulista? Faça uma pesquisa nas áreas mais acessível para você em São Paulo – verifique as instalações locais, opções de transporte, questões de segurança e distância dos lugares para os quais você precisará viajar. Observe os preços médios de aluguel e defina um orçamento – inclua o custo das contas e taxas de agência no preço. Alguns agentes podem cobrar muito dinheiro, portanto esse é um custo importante a ser considerado. Essas taxas geralmente não são incluídas e podem fazer uma grande diferença no preço final do aluguel … você foi avisado.

2 – Pesquise um número considerável muitos imóveis

 Um dos melhores conselhos que podemos dar é não ficar muito apegado a um apartamento quando estiver olhando. Embora seja útil poder ter um ponto de referência para medir outros apartamentos, ele pode funcionar contra você se você ficar muito apegado a um lugar, pois isso pode impedir que você veja o potencial e as vantagens de outros apartamentos visualizados.

Além disso, e mais preocupante, se você se apegar demais a um apartamento específico, poderá acabar gastando mais dinheiro do que o seu orçamento permite. Em vez disso, uma estratégia útil é marcar uma consulta com um corretor de imóveis e ver o maior número possível de apartamentos em um dia.

Dessa forma, você pode formar rapidamente uma ideia do que está procurando, do que pode esperar do seu orçamento e dos padrões de qualidade. Como alternativa, em vez de trabalhar com um agente imobiliário, você pode fazer sua própria pesquisa e compilar uma lista de 8 a 12 apartamentos para visualizar em um fim de semana

3 – Busque por opções não tão centrais

 Expanda sua pesquisa e procure fora do centro da cidade e, em vez disso, em bairros vizinhos. Se você não trabalha na cidade ou pode trabalhar remotamente, por que não viver um pouco mais? Não são apenas os preços mais baixos, mas geralmente você pode obter muito mais pelo seu dinheiro, incluindo o tamanho do apartamento, bem como uma área externa como um jardim ou quintal, que você provavelmente não teria morado na cidade.

Mesmo que você trabalhe no centro da cidade, a boa notícia é que, fora dele, os bairros se desenvolvem continuamente à medida que as áreas centrais se tornam cada vez mais povoadas. Isso também significa que as redes de transporte público estão se tornando melhores e mais frequentes. Em muitos casos, você pode encontrar metrô ou ônibus expressos durante o horário de pico, o que significa que você pode chegar das cidades vizinhas e chegar às áreas centrais de São Paulo mais rapidamente

4 – Faça muitas ofertas e negocie para fechar um valor bom

 Continuando a partir do ponto um, em vez de se apegar a um apartamento ou de começar a visitar alguma kitnet para alugar em SP e correr o risco de ficar desapontado se você não o conseguir, sugerimos fazer ofertas em muitos apartamentos que você gosta. No mundo imobiliário, existe uma regra que diz que você vê cem apartamentos, faz uma oferta em dez e aceita negociar um. Fazer muitas ofertas aumenta as chances de você encontrar um apartamento barato, que esteja acessível à sua capacidade financeira

5 – Considere dividir um espaço para economizar

 Compartilhar uma casa com um colega de apartamento é uma ótima maneira de economizar dinheiro. A maioria dos estudantes e jovens profissionais escolhe essa opção como uma maneira de começar em São Paulo. Isso ajudará você a conhecer pessoas e poderá reduzir os custos de aluguel de um imóvel. A regra geral é que, quanto mais quartos sua propriedade tiver, menor será o aluguel por sala.

Você estará pagando muito mais para morar em um apartamento de um quarto do que em uma casa de quatro quartos na mesma área. Porém, certifique-se de encontrar seu futuro companheiro de casa antes de assinar qualquer contrato – você quer ter certeza de que se dá bem e que desfrutará da experiência de compartilhamento.

6 – Preze sempre por sua segurança financeira

Sempre encontre o proprietário ou o agente imobiliário responsável pela propriedade antes de entregar qualquer dinheiro. Verifique se todos os depósitos foram transferidos para um esquema de proteção de depósito de locação e se você recebe um recibo de qualquer pagamento de aluguel. Nunca pague seu aluguel ou depósito em dinheiro – ele sempre deve ser um pagamento eletrônico ou com cartão de crédito. Você também deve verificar a propriedade e garantir que haja um inventário detalhado de todos os móveis e utensílios domésticos, assinado por você e seu proprietário ou agente. Registre quaisquer problemas existentes na propriedade e fotografe quaisquer incidentes de danos, para que você não seja cobrado por reparos quando sair.

Gostou destas dicas? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!