Oi, o que você está procurando?

MIRASSOL (SP)

Câmera em quarto de criança flagra babá agredindo menina de 3 anos

Mulher alegou que ficou nervosa com a criança porque ela fazia pirraças

Após a família instalar câmera de segurança em um dos quartos, uma cuidadora foi flagrada agredindo uma criança de 3 anos dentro de casa. O caso foi registrado no bairro Nossa Senhora Aparecida, em Mirassol (SP).

No vídeo, é possível ver a vítima sentada em um colchão e a mulher entrando no cômodo. Ela se aproxima e dá um tapa em um dos braços da menina.

A criança começa a gritar e permanece deitada por alguns segundos. A mulher retorna ao cômodo segurando um chinelo em uma das mãos e aparenta usar um pano para tapar a boca da menina.

Logo depois, a mulher fecha a porta do cômodo. Mas retorna, segura a menina e a leva para outra parte do imóvel.

Denúncia

Ao G1, a mãe da criança afirmou que a mulher de 30 anos foi acolhida pela família depois de perder o emprego, passou a morar na casa e, ao longo do dia, estava cuidando da filha. Ela não recebia salário.

No entanto, a família percebeu que a menina começou a apresentar atitudes estranhas, desconfiou da mulher e decidiu instalar a câmera de segurança no quarto.

“Eu comecei a ver as imagens gravadas pela câmera e vi as agressões. Nós queremos Justiça pelo que foi feito com minha filha”, diz a mãe.

Investigação

A Polícia Civil instaurou inquérito nesta terça-feira (16) para investigar o caso. A mulher que aparece nas imagens agredindo a criança compareceu à delegacia e prestou depoimento ao delegado de plantão.

Segundo o boletim de ocorrência, ela disse que “alguns dias acabou ficando nervosa com a criança porque ela fazia pirraças, então acabou a pegando com um pouco mais de força e desferindo algumas chineladas”.

A mulher também alegou que “a criança chorava muito alto, então algumas vezes também tentou tapar a boca dela”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!