Oi, o que você está procurando?

POLÍTICA

Banda da PM é declarada patrimônio cultural pela Câmara de Araçatuba

Por unanimidade, os vereadores de Araçatuba aprovaram projeto de lei que declara patrimônio cultural imaterial do município a Banda Regimental da Polícia Militar do CPI-10 (Comando de Policiamento do Interior). A matéria, assinada pela vereadora Tieza (PSDB), foi o único item da pauta da Ordem do Dia da 17ª Sessão Ordinária do ano, realizada na noite desta segunda-feira (08/06).

A autora do projeto falou sobre a banda, criada em julho de 1974 e formada atualmente por 12 músicos sob a regência do 2º Sargento PM Leandro Monteagudo de Souza. “A banda é da Polícia Militar do Estado de São Paulo, mas está em nossa cidade. Essa joia, essa preciosidade é nossa. Daí nosso desejo de fazer o tombamento desse bem e deixá-lo para a eternidade”, justificou Tieza.

O prefeito Dilador Borges (PSDB) também encaminhou ofício à Câmara, parabenizando os vereadores pelo reconhecimento. “Vale lembrar que a banda, em suas apresentações musicais, por reiteradas vezes, vem colocando a cidade de Araçatuba em situação de destaque”, mencionou o chefe do Executivo.

FORMATO MISTO 

Diferente das reuniões legislativas anteriores, a 17ª Sessão Ordinária do ano teve formato misto. As vereadoras Tieza (PSDB) e Beatriz (Rede), além do vereador Arlindo Araújo (MDB), preferiram participar da sessão por meio de aplicativo de videoconferência. Os demais parlamentares compareceram ao plenário da Câmara, que continua fechado ao público externo devido à pandemia de covid-19.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!