Oi, o que você está procurando?

Hackers

Anonymous Brasil revela dados de Bolsonaro, familiares, Damares e Weintraub

Grupo de hackers publica no Twitter dados que vão de CPF a declarações de renda do presidente, de familiares e de pessoas próximas

Um dos grupos brasileiros vinculados ao Anonymous começou a publicar, no fim da noite desta segunda-feira (01/06), uma série de informações pessoais do presidente Jair Bolsonaro, de seus familiares e de vários aliados, como os ministros da Educação, Abraham Weintraub, e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, além do empresário Luciano Hang, proprietário da Havan e um dos mais entusiasmados defensores do presidente. Os dados foram publicados no Pastebin, um serviço on-line que permite que se colem trechos de documentos e códigos para acesso compartilhado.

Pouco mais de uma hora depois, no entanto, as páginas já não estavam mais acessíveis no Pastebin. O material vazado continha elementos como números de telefone, endereços (físicos e de e-mail), CPF, registros partidários, declarações de bens, scores do Cadastro Positivo e até dívidas.

Também o Twitter logo agiu e suspendeu a conta derivada do grupo central brasileiro de hackers. Mas a organização promete não parar e tornar novamente disponíveis as in formações. Veja:

Mas ao menos um dos atingidos confirmou o episódio. O deputado estadual de São Paulo Douglas Garcia (PSL) informou que teve todos seus dados expostos e anunciou que estava indo a uma delegacia registrar boletim de ocorrência.

Garcia foi especialmente visado pelo grupo porque havia publicado, mais cedo, também no Twitter, pedido para que as pessoas delatassem “autodenominados antifascistas”. Leia:

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!