Oi, o que você está procurando?

RETOMADA DAS ATIVIDADES

Espanha anuncia volta do turismo e do Campeonato Espanhol

Imagem ilustrativa

A Espanha reabrir√° suas fronteiras para o turismo em julho e o Campeonato Espanhol de futebol voltar√° ainda antes, em junho, informou neste s√°bado (23) o primeiro-ministro do pa√≠s, seguindo a reabertura gradual do pa√≠s, que adotou um dos lockdowns ‚ÄĒ restri√ß√£o de circula√ß√£o ‚ÄĒ mais restritivos do mundo.

Os dois an√ļncios feitos pelo primeiro-ministro, Pedro S√°nchez, coincidiram com pedidos de ren√ļncia pelo partido de extrema-direita Vox, em raz√£o do impacto do lockdown nos empregos e na economia.

O Vox convocou um protesto em v√°rias cidades do pa√≠s e reuniu milhares de pessoas em carreatas. ‚ÄúA partir de julho, o turismo estrangeiro retornar√° em condi√ß√Ķes seguras. Vamos garantir que os turistas que cheguem n√£o corram qualquer risco, nem tragam qualquer risco a n√≥s‚ÄĚ, afirmou S√°nchez em uma coletiva de imprensa, sem dar detalhes adicionais.

Os visitantes estrangeiros contribuem com aproximadamente um oitavo do PIB espanhol, e as medidas do governo, tomadas para conter a pandemia em um dos países europeus mais atingidos, causaram o fechamento de hotéis, bares e restaurantes, além de praias e parques, em um momento em que a temporada de turismo começaria a esquentar.

Cerca de um milhão de empregos foram perdidos apenas em março, quando começou o lockdown, e o Banco da Espanha previu que a economia encolherá 12% neste ano. Sánchez também afirmou que outro evento que movimenta muito dinheiro na nação, o Campeonato Espanhol de futebol, voltará no dia 8 de junho.

Os manifestantes deste s√°bado pediram que S√°nchez e o vice-premi√™, Pablo Iglesias ‚ÄĒ l√≠der do partido de esquerda Podemos, que faz parte da coaliz√£o de governo ‚ÄĒ, renunciem devido √† forma como est√£o lidando com a crise e, especificamente, pela contra√ß√£o econ√īmica.

‚Äú√Č hora de fazer muito barulho contra o governo do desemprego e da mis√©ria que abandonou nossos aut√īnomos e trabalhadores‚ÄĚ, disse o Vox.

O governo disse que o lockdown foi o que controlou a pandemia no pa√≠s. As medidas de confinamento est√£o sendo retiradas pouco a pouco, embora moradores de Madri e Barcelona, os epicentros nacionais do v√≠rus, permane√ßam em isolamento. Ambas as cidades amenizar√£o as restri√ß√Ķes na segunda-feira, permitindo jantares fora de casa e aglomera√ß√Ķes de at√© dez pessoas.

A Espanha registrou mais de 28.600 mortes pela covi-19 e mais de 230 mil casos, e Sánchez afirmou que haverá dez dias de luto nacional pelos mortos a partir da terça-feira.

(Reportagem de Elena Rodríguez, Juan Antonio Domínguez, Sergio Perez e Silvio Castellanos)

Os coment√°rios aqui n√£o refletem a opini√£o do site, e s√£o de responsabilidade do autor. O coment√°rio N√ÉO √Č PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!