Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

INVESTIGAÇÃO

Delegado baleado em São Bernardo (SP) é investigado pela Corregedoria

Paulo Bilynskyj é investigado por suspeita de utilizar nome da instituição para se autopromover. Ele ja atuou em Guararapes em 2013.

O delegado Paulo Francisco Muniz Bilynskyj, que foi baleado dentro de casa, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e passou por cirurgia é investigado pela é Corregedoria da Polícia Civil por suspeita de utilizar o nome da instituição para se autopromover.

A SSP (Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo) informou por meio de nota que a suspeita está sob investigação com sindicância administrativa e apuração preliminar.

Além disso, de acordo com a Record TV, foi instaurado um procedimento disciplinar para apurar o que ocorreu em seu apartamento no dia 20 de maio, dia em que ele teria sido baleado pela namorada, Priscila Delgado, de 27 anos, morta dentro do apartamento dele, em São Bernardo do Campo.

Bilynskyj também foi investigado pela Corregedoria por suspeita de ter colidido uma viatura com um policial militar dentro quando trabalhava em uma delegacia em Guararapes. Outra suspeita pela qual foi investigado foi a de ter falsificado um depoimento de um policial militar e por falsificação de documento.

Segundo a SSP, a investigação ocorreu por meio de apuração preliminar e procedimento administrativo e resultou na absolvição do policial em março de 2018.

“Todas as circunstâncias relacionadas aos fatos ocorridos em São Bernardo do Campo são investigadas pelo 1º DP do município. A Corregedoria Auxiliar do Demacro acompanha. As equipes analisam imagens de câmeras de segurança e realizam a oitiva de testemunhas. As diligências prosseguem”, informou a pasta.

O caso

O delegado da Polícia Civil de São Paulo Paulo Bilynskyj, que atuou em Guararapes há cerca de sete anos, foi baleado pela namorada, na manhã desta quarta-feira (20), em um apartamento em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo). Ele, que é instrutor de tiros, foi socorrido em estado grave e a mulher, encontrada morta no local, também com marcas de tiro.

Conforme as primeiras informações, a mulher teria atirado três vezes contra o delegado, no dedo, perna e abdômen. A polícia trabalha com duas hipóteses: feminicídio contra a mulher ou tentativa de homicídio contra o delegado seguida de suicídio. Bilynskyj foi socorrido ao Hospital Green Line e seu estado é considerado grave porque perdeu muito sangue.

Anunciante

Segundo o site www.delegados.com.br, começou a carreira em Juquiá, aos 25 anos. Em 2013, foi transferido para Guararapes, onde acabou acusado de ter forjado um flagrante de prisão por tráfico de drogas e roubo, mas foi absolvido pela Justiça. Atualmente, está lotado no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em São Paulo.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



Anunciante
Anunciante
Anunciante