Fique Ligado!

Oi, o que você está procurando?

COVID-19

Twitter apaga postagem de Malafaia que criticava isolamento

Pastor evangélico usou a conta na rede social para divulgar um vídeo intitulado "A farsa da quarentena no Brasil"

Após deletar duas postagens feitas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), – ambas consideradas prejudiciais ao combate à pandemia de coronavírus no mundo– o Twitter apagou sete posts escritos pelo pastor evangélico Silas Malafaia, com a mesma justificativa.

No início da tarde desta quinta-feira (02/04), Malafaia publicou um vídeo intitulado “A farsa da quarentena no Brasil”, criticando as políticas de isolamento contra a disseminação do vírus que já causou mais de 50 mil mortes no mundo.

Nas filmagens, feitas, segundo Malafaia, sob encomenda, é possível ver pessoas trabalhando e caminhando nas ruas de uma cidade normalmente. Os personagens ainda criticam a quarentena. “Eu quero bater palma para essa gente pobre, trabalhadora, aguerrida, que está desmoralizando essa quarentena de araque de governadores e prefeitos. Todas as comunidades no Brasil estão abertas”, comentou ele, no vídeo.

No post, feito em sua conta pessoal no Twitter, Malafaia afirma que o objetivo do vídeo era “denunciar essa safadeza de quarentena”. Segundo ele, o isolamento, imposto por governadores de vários estados brasileiros, só existe para “atender interesses políticos e de mídia”.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H



Anunciante
Anunciante
Anunciante