Oi, o que você está procurando?

em três dias

Polícia faz mais de 700 autuações por excesso de velocidade na região

A Polícia Rodoviária já registrou mais de 700 autuações por excesso de velocidade nas rodovias da região desde a meia noite de sexta-feira (17) até a manhã desta segunda-feira (20) na “Operação Tiradentes”. Policiais, com uso de radares, chegaram a flagrar uma moto em velocidade acima do dobro permitido em área urbana da rodovia Marechal Rondon.

O comandante do Pelotão da 4ª Companhia do 2º Batalhão da Polícia Rodoviária, tenente Gercimar Santos, explicou que em um dos casos uma moto foi flagrada pelos radares a 177 quilômetros por hora em um trecho da rodovia SP-300 (Marechal Rondon) onde o limite é de 80 km/h. Em outro caso uma caminhonete Amarok estava trafegando a 150 km/k. Também foi flagrada uma caminhonete Dodge Ram a 169 km/he uma Hilux a 173 km/h.

O tenente lembra que, quanto maior a velocidade maior é o risco de morte em um acidente, e destaca que os policiais estão com reforço das equipes neste feriado prolongado, cujas ações da operação terminam a meia noite de terça-feira em todo o Estado de São Paulo.

A Operação Tiradentes é coordenada pelo Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv) com uma média diária de mais de 1,1 mil policiais e 408 viaturas distribuídos nos 22 mil quilômetros de rodovias estaduais para garantir a segurança de todos que necessitem fazer deslocamentos.

Os policiais rodoviários empenhados na ação contam com cerca de 450 bafômetros por dia para a realização de testes de embriaguez durante as atividades de campo. O motorista que for flagrado dirigindo embriagado será multado e poderá ter o veículo apreendido.

O condutor ainda poderá ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa, além de responder criminalmente. Com cerca de 70 radares portáteis e 206 binóculos, também foi intensificada a fiscalização de limites de velocidade, ultrapassagens e uso de cinto de segurança, assentos infantis e capacetes.

Além disso, há ações humanitárias, voltadas aos usuários em geral, em especial aos caminhoneiros, para auxílio no transporte de cargas e circulação de mercadorias, garantindo o abastecimento de todos os municípios do Estado de São Paulo e vizinhos.

As atividades ainda contam com o apoio das Concessionárias de Rodovias, da Agência de Transporte do Estado (Artesp), do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e outros órgãos.

 

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!
46