Oi, o que você está procurando?

streaming

Netflix reduzirá qualidade de transmissão no Brasil

O serviço de streaming de vídeo Netflix confirmou ao Estado que vai por em prática no Brasil a política de redução da qualidade de transmissão de vídeos para evitar a sobrecarga das redes, em meio à crise do novo coronavírus.

Adotada na União Europeia na última semana, a medida começará a ser posta em prática no País na noite desta segunda-feira, 23, e chegará a todos os usuários do serviço no território nacional em no máximo dois dias.

Segundo comunicado da empresa, porém, não haverá restrição quanto a transmissão em determinadas resoluções – usuários que assistem vídeos em Ultra HD (4K) ou altíssima definição (Full HD, 1080p) continuarão a ter acesso a essa qualidade de vídeo.

O que a empresa fará, no entanto, é reduzir as taxas de bits utilizadas na transmissão.

“Em circunstâncias normais, fazemos diferentes transmissões simultâneas de um único título em cada resolução.

O que faremos agora é remover as faixas de frequência com maior fluxo de dados”, diz Ken Florance, vice-presidente de entrega de conteúdo da Netflix, em comunicado enviado pela empresa à reportagem.

Anunciante

A política de transmissões simultâneas é uma das ferramentas que o serviço encontrou para evitar que os vídeos ‘travem’ ou ‘engasguem’ durante a exibição.

“Quem é muito ligado em qualidade de vídeo pode perceber uma pequena queda na qualidade de cada resolução, mas a entrega ainda será na resolução pela qual o usuário pagou.”

Com as medidas, que inicialmente serão válidas por 30 dias para todo o território nacional, a Netflix pretende reduzir em 25% o seu tráfego de internet.

Junto de outros sites de vídeo, como Amazon Prime e YouTube, a empresa é uma das maiores responsáveis pelo fluxo de informações na rede atualmente.

Os comentários aqui não refletem a opinião do site, e são de responsabilidade do autor. O comentário NÃO É PUBLICADO automaticamente em seu Facebook, fique tranquilo!

Mais lidas – 24H






Anunciante